Acesso: Juazeiro se despede com derrota no Adauto Moraes

0
263
Por Carlos Humberto - texto e fotos

Na última partida da primeira fase do Campeonato Baiano de Acesso, oficialmente batizado de Série B, o Juazeiro Social Clube perdeu para o Grapiúna, de virada, se despedindo da competição com uma das piores campanhas da sua história, com apenas 29,63% de aproveitamento.

Em nove jogos disputados, o vice-campeão baiano de 2001 somou apenas 8 pontos, frutos de uma vitória e cinco empates. Durante a competição foram três derrotas, marcou nove gols e sofreu oito. Com números tão inexpressivos, o sonho de retornar à elite do futebol baiano fica adiado mais uma vez.

Talvez reflexo de problemas internos que revelam um clima pesado nos bastidores, no seu jogo de despedido o Tricolor das Carrancas foi uma cópia de si mesmo. Como aconteceu na maioria dos jogos realizados em casa, o time saiu na frente do placar com gol de Felipe Jacaré e, inexplicavelmente, renunciava ao jogo dando espaço para o adversário, o que, antes de ser um esquema tático estratégico, demonstra absoluta falta de personalidade e não fosse a destacada atuação do goleiro Alan, a derrota seria mais vexatória. A virada era uma questão de tempo e ela veio nos pés de Hiago Alves e Ninho Xavier na segunda etapa, resultado que classificou o time grapiúna para a próxima fase do Acesso.

Resultados da última rodada:

Vitória da Conquista 3×2 Jequié
Jacobina 1×0 Fluminense-BA
Galícia 2×1 Colo Colo
Juazeiro 1×2 Grapiúna
UNIRB 9×0 Leônico

Jacobina x Vitória da Conquista e Jequié x Grapiúna fazem os confrontos da semifinal em dois jogos no sistema ida e volta.