Ancelotti renova com o Real Madrid e não vem dirigir a Seleção Brasileira

0
214
Créditos: CBF
Da Redação

O italiano Carlos Ancelotti não será o treinador da Seleção Brasileira como foi alimentado pela direção da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nesta sexta-feira (29), o Real Madrid anunciou a renovação do profissional até 2026, frustrando os planos dos cartolas que dirigem a entidade máxima do futebol nacional.

Segundo a imprensa espanhola, a renovação de Ancelotti aconteceu após reuniões com a diretoria madrilenha. Diferente da esperança da CBF em tê-lo como substituto de Tite, Ancelotti não confirmou qualquer compromisso para dirigir a Seleção Brasileira.

Assim, a tentativa de trazer um técnico europeu de renome mundial tem um ponto final e, salvo mudança de última hora, Fernando Diniz, que vem atuando como interino, poderá ser oficializado no cargo.

Antes, a entidade nacional precisa resolver o imbróglio que está vivendo com a destituição da atual diretoria decretada pela TJD e ratificado pelo STJD, que colocou na direção um interventor, além das ameaças da Fifa e Conmebol que ameaçam suspender a federação, seleção e clubes por não aceitar a intromissão de um interventor alheio aos quadros da CBF.