Atendimentos oftalmológicos: População aprova serviço implementado pela gestão Suzana Ramos nas UBSs

0
110

Texto: Iana Lima – Ascom Sesau/PMJ / Fotos: Luan Medrado/ PMJ

Os vinte primeiros dias do mês de fevereiro já contabilizam cerca de 50 atendimentos oftalmológicos em duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) localizadas nos bairros Palmares e João XXIII.  Os atendimentos implantados na Atenção Primária tem a proposta de reduzir a fila de espera por este tipo de atendimento.

As senhoras, Ana Maria de Souza e Doralice Gonçalves da Silva, ambas moradoras do bairro Joao XXIII, receberam atendimento com a oftalmologista que avaliou a saúde dos olhos e ainda fez a prescrição de óculos com o grau de correção necessário em cada caso, na própria unidade de saúde do bairro. “Estávamos precisando muito aqui desse atendimento. Fomos muito bem atendidos e tudo foi muito tranquilo”, disse Ana Maria.

Doralice foi acompanhada pela filha, Soraia que aprovou a consulta. “O atendimento foi excelente. A médica encaminhou para fazer os óculos, mas está tudo dentro da normalidade com a visão de minha mãe”, declarou a filha da paciente.
 
Os atendimentos consideram a demanda reprimida nas UBSs. São disponibilizadas 25 vagas por unidade, seguindo um cronograma definido pela Secretaria de Saúde. Em 2023 foram realizadas quase 2 mil consultas.

A prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos, reafirmou seu compromisso na implantação de mais serviços e especialidades em prol da melhoria da vida das pessoas. “Mais um serviço, uma especialidade que as pessoas pediam dentro de sua rotina de cuidados nas unidades de saúde. É mais um avanço muito importante. Já implementamos outras ações como o ‘Saúde em Movimento’, ‘APS Itinerante’, ‘Laboratório Itinerante’ e seguimos trabalhando para melhorar os serviços e oferecer uma saúde com a qualidade que o juazeirense merece”, destacou.

Fluxo

São ofertadas em média, cerca de 50 consultas por semana em esquema de rodízio entre as unidades de saúde. “Serviços como esse, os pacientes só encontravam no atendimento especializado e a fila de espera não reduzia. Agora, temos uma profissional que compõe a rede municipal de saúde para que possamos diminuir essa demanda reprimida por consultas desta especialidade. As equipes das UBSs entram em contato com os pacientes e fazem o agendamento”, reforçou a secretária de Saúde, Ana Lúcia Alves.