Bahia é o primeiro finalista do Baianão 2023

0
116

Da Redação – Jota Jota / Foto: Felipe Oliveira-ECB

Jogando a partida de volta da primeira semifinal da série A do Campeonato Baiano, a equipe do Bahia venceu o Itabuna por 4 tentos a 1, revertendo a vantagem que o time interiorano conseguiu no jogo de ida em Camacã, ao fazer um a zero.

O primeiro gol do Bahia aconteceu na primeira etapa com a marcação de um pênalti totalmente equivocado pelo árbitro da partida Sr. Breno Pereira Vasconcelos, que Everaldo converteu e foi só o que aconteceu no primeiro tempo com o Bahia tendo maior posse de bola até os 25 minutos, depois o Itabuna tomou para as rédeas do jogo. 

Depois do intervalo, a equipe do Bahia voltou com um volume maior de jogo e a partir daí os gols começaram a acontecer, com Cauly fazendo 2 e Everaldo mais um. O Itabuna diminui com Cesinha também cobrando pênalti. Tivemos três expulsões, Herbert e Jan Pieter pelo Itabuna e Daniel pelo Bahia, duas por reclamações e uma pelo segundo amarelo.

No papel a equipe do Bahia é muito superior ao time treinado por Sérgio Araújo, mas que fez um excelente Campeonato Baiano depois de serem campeões da série B, e por pouco não chegam a uma final. Muitas foram as reclamações com a marcação do pênalti inexistente, que de certa forma desestabilizou o time do Sul da Bahia.

Mas o que tem o Bahia com isso, embora como time não careça de uma ajudinha do apitador, mas aconteceu e como não tem VAR nas semifinais valeu a marcação de campo do árbitro. O Bahia ao fazer 4 a 1 fez as pazes com o seu torcedor quando mais de 19 mil estiveram nas dependências da Arena Fonte Nova.

O Bahia agora espera seu adversário que sai da partida entre Jacuipense e Juazeirense que jogam no domingo 19 em Riachão do Jacuípe.

FICHA TÉCNICA

Bahia 4×1 Itabuna

Campeonato Baiano – Semifinal – 2º jogo

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 18/03/2023 (sábado)

Horário: 16h

Renda: R$ 548.276,00                  

Público: 19.980  

Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos

Assistentes: Daniella Coutinho Pinto e Patrícia dos Reis do Nascimento

Quarto árbitro: Reinaldo Silva de Santana

Cartão Vermelho: Daniel (Bahia) / Hebert e Jan Pieter (Itabuna)

Gols: Bahia / Everaldo 2 – Cauly 2; Itabuna/ Cesinha  

Bahia: Marcos Felipe; Jacaré, Marcos Victor, Gabriel Xavier (Kanu)e Chavez (Matheus Bahia); Rezende, Acevedo, Cauly e Daniel; Everaldo (Diego Rosa) e Biel (Ricardo Goulart). Técnico: Renato Paiva.

Itabuna: Thiago Passos; Deivinho (Luiz Felipe), Jan Pieter, Lucimário e Elivelton (Guilherme Ivo); Hebert, Flavinho (Joadson) e Matheus Chaves e Alex Sandre (Cacique); Cesinha e Hitalo (Patricio). Técnico: Sérgio Araújo.