Campeonato Baiano: Interesse é um zero à esquerda

0
271

A opinião de Jota Jota *

Pensem o que quiserem pensar e tenham suas opiniões diferentes da minha, com relação a importância que se dá ao da Bahia considerado por muitos como tupiniquim e sem ser parâmetro para os certames interestaduais, devido a fragilidade aparente dos times do interior, os chamados pequenos.

Vejam que as importâncias da grande mídia da capital Baiana só dão real importância para a dupla BA VI, menosprezando e deixando de lado os demais jogos da competição estadual, uma lástima. Mostrem-me uma alusão feita por qualquer meio de comunicação sobre Jacuipense e Juazeirense pela segunda semifinal jogo decisivo.

Nada se pode saber a respeito uma vez que tudo se reportava ao jogo do Bahia que depois de longo e tenebroso inverno chega a da competição, e sobre a besteira do árbitro marcando um pênalti que só ele e o sobrenatural do Almeida viram. Jacuipense e Juazeirense tiveram menos importância que o Baba do Tejo na Ribeira.

Como querem que o interior seja divulgado, que seus dirigentes consigam mostrar seus trabalhos e buscarem investidores? Não há necessidade de uma página e ou meia, mas algumas linhas e uma manchete que desperte interesse pela competição. Parece retaliação contra a FBF pela parceria com a estatal TVE-BA.

Como profissional, fico com total incredibilidade sobre o assunto, todos merecem o mesmo tratamento além do ouvinte, telespectador e leitor terem informações sobre a competição doméstica, informações exatas tais quais as de Bahia e Vitória, se não ao longo da competição, mas pelo menos na reta de chegada. Será que estou sendo exigente demais?

Mas não vejo tais atitudes com bons olhos, apesar de que as emissoras de rádio cobrirem a partida, mas a empolgação não é a mesma.

Uns até falam que caí de paraquedas aqui, mas o paraquedas se abriu para cobrar o que acho certo, sou velho e até chato de galocha, mas é a minha opinião.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.

* O texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do site Agência CH.