Contagem regressiva para o início da Copa 2 de Julho no domingo, 02 

0
320

Contagem regressiva para o início da Copa 2 de Julho no domingo, 02 

Com o início no domingo, 02, dia que marca o bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, a Copa 2 de Julho de Futebol Sub-15 foi lançada na manhã desta quinta-feira, 29, no Foyer da Tribuna de Honra do Estádio de Pituaçu. O evento, que reuniu jogadores, dirigentes esportivos, imprensa, gestores públicos e convidados, apresentou as equipes, a tabela, a programação e a mascote “Quiterinha”. 

Pela primeira vez na história da maior competição de base do país, terá uma mascote. Em homenagem à Maria Quitéria, guerreira histórica dos embates travados e ícone da resistência em solos baianos, a figura feirense que se vestiu de soldado estará estampada pelo torneio, inclusive, dando a cara aos troféus desde as fases regionais. Essa iniciativa faz parte da série de ações do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudeb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), para a data. 

Neste ano, a Copa 2 de Julho chega reuniu equipes classificadas das 13 fases regionais e a presença de grandes equipes do estado, do país e fora dele, além da Seleção Brasileira. Os números da competição, composta por três fases, somam 257 equipes, 7.540 atletas e 525 jogos ao todo. 

O diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, celebra a ampliação da copa neste ano. “Nós conseguimos interiorizar a Copa 2 de Julho para 205 municípios baianos. Todos os territórios de identidade da Bahia foram mobilizados. Isso mostra a ampliação, chegando ao público de todo o estado, onde as famílias nos procuravam para que os times do interior participassem. Portanto, está aí o resultado com fila de participação de equipes e os grandes clubes do Brasil enviando suas divisões de base na fase final. Eu tenho certeza que será uma edição que vai ficar marcada na história”, afirma. 

A Seleção de Barra foi uma das 13 equipes oriundas da fase regional, ao lado de Academia Zuarte, Castro Alves, Dom Basílio, DS Academy. Escolinha Meninos Felizes, Eunápolis, Itabuna, Paulo Afonso, Ruy Barbosa, Santa Rita de Cássia. Seleção de Sento Sé e Xique-Xique, além dos times da Região Metropolitana de Salvador. A secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Vanusia Dourado, destaca que essa participação está realizando um sonho para estes jovens e produzindo uma transformação na vida deles. 

“Essa Copa 2 de Julho está sendo importante pela quantidade de municípios do interior, que traz uma motivação e um fortalecimento do esporte nas regiões. Esse investimento no futebol raiz pelo Governo do Estado será um marco na história. Os meninos estão ansiosos, mas disciplinados se preparando para essa fase agora com 40 times. Barra está sendo bem representada e com os olhares atentos à competição” comenta. 

Como parte das ações do Governo do Estado para o esporte baiano, o titular da Setre, Davidson Magalhães, comenta que a competição é um produto consolidado dentre outros da gestão. “A Bahia tem um grande projeto de investimento no esporte com as obras de infraestrutura esportiva, além dos programas de apoio aos atletas, ao fomento do esporte e à realização de eventos. Temos o Esporte por Toda Parte, que são 100 núcleos, com 400 pessoas cada, de práticas de esportes na Bahia inteira. O resultado está aí. As Olimpíadas demonstraram a participação e a conquista dos atletas baianos”, pontua. 

Competição – A partir de domingo, 02, as atenções voltam-se para os campos de Salvador (Estádio de Pituaçu e Wet’n Wild), Mata de São João, Lauro de Freitas, Simões Filho, Feira de Santana, Cachoeira e Dias D’Ávila. Além de forças do estado, como o Bahia, o Vitória e a Jacuipense, equipes da Série A do futebol brasileiro serão representadas na competição que conta com o apoio da Federação Baiana de Futebol (FBF), como: Flamengo, Palmeiras, Atlético-MG e Botafogo.  

A Seleção Brasileira de Futebol Sub-15 volta a disputar a tradicional competição baiana em 2023 após quatro participações, com três títulos e um vice-campeonato. O representante da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no encontro e ex-jogador, Cláudio Ibraim, conhecido como Branco, destaca a importância da competição de base. 

“Vai ser um momento para termos esse campo de observação até porque a sub-15 é a raiz e o começo. É determinante para o nosso trabalho. Essa copa sempre foi importante para todos os garotos e uma referência em todo o Brasil. É um torneio que sempre pensou no desenvolvimento do futebol brasileiro. A Bahia sempre deu e revelou grande jogadores. É um prazer estar aqui mais uma vez. Para garotada, com certeza é um momento muito especial, servindo de vitrine e como um grande sonho”, pontua Branco. 

Até a grande final, no dia 13 de julho, com jogos pela manhã e pela tarde nas oito praças esportivas, 40 times disputam as vagas nos oito grupos. As cinco equipes jogam entre si, com as duas melhores colocadas se classificando para a fase de mata-mata. A tabela completa com dias, horários e locais pode ser consultada por meio do link: http://www.sudesb.ba.gov.br/arquivos/File/TABELACOPA2DEJULHO2023.pdf  . 

Ascom Sudesb