Copa do Nordeste: Empate deixa Vitória fora e Bahia com chances de classificação

0
224
Da Redação – Jota Jota / Foto: Felipe Oliveira/ECB

Bahia e Vitória se enfrentaram na Arena Fonte Nova pela quinta rodada da Copa do Nordeste, com ambas as equipes necessitando somar os três pontos para continuarem vivos na competição, mas não foram além de um empate por 1 gol.

O Vitória saiu na frente com gol anotado aos 8 minutos do primeiro tempo por Oswaldo, e o Bahia chegou ao empate aos 48 também na etapa inicial, em jogo pegado e com muitas faltas e cartões.

Na etapa complementar os dois treinadores realizaram modificações, mas os times não evoluíram para somarem os necessários três pontos, e os pouco mais de 42 mil torcedores tricolores presentes na Arena não viram um belo espetáculo.

O empate não foi de todo ruim para o Bahia que ainda tem dois jogos, e pode alcançar o G4 com dois triunfos e uma combinação de resultados. O Vitória por outro lado vai nos dois últimos jogos apenas cumprir tabela, foi eliminado de mais uma competição em apenas uma semana.

O Vitória retorna a campo na quarta-feira 8 recebendo o Ceará pela penúltima rodada, o Bahia só joga no dia 14 uma terça-feira visitando o Fluminense jogando no Piauí.

FICHA TÉCNICA

Bahia 1 x 1 Vitória

Copa do Nordeste – 6ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 01/03/2023 (domingo)

Horário: 16h

Renda: R$1.452.165,00    Público: 42.734

Gols: Osvaldo (Vitória) e Jacaré (Bahia)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Wesley Rodrigues Miguel (CE)

Quarto árbitro: Wagner Francisco Silva Souza (BA)

Bahia: Marcos Felipe; André, Gabriel Xavier, Marcos Victor e Matheus Bahia (Chaves); Rezende, Yago Felipe (Daniel) e Cauly; Jacaré (Mugni), Biel (Caique) e Ricardo Goulart (Everaldo). Técnico: Renato Paiva.

Vitória: Lucas Arcanjo; Zeca (Rafinha), João Victor, Camutanga e Lazaroni (João Lucas); Léo Gomes, Marco Antônio (Eduardo), Raylan e Thiago Lopes (Welington Nem); Trelles (Léo Gamalho) e Osvaldo. Técnico: Léo Condé.