Criada na Gestão Suzana Ramos, Casa de Acolhimento Transformar tem assistência especializada à pessoa em situação de rua 

0
103

Criada na Gestão Suzana Ramos, Casa de Acolhimento Transformar tem assistência especializada à pessoa em situação de rua 

  

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), tem investido em políticas públicas voltadas para a pessoa em situação de rua. O município possui dois locais de referência voltados para este público e, além do Centro POP, possui a Casa de Acolhimento Transformar, criada na gestão Suzana Ramos. 

  

A Casa de Acolhimento Transformar foi criada na gestão Suzana Ramos com o objetivo de promover o acolhimento de famílias ou indivíduos de forma a garantir sua proteção integral. O espaço possui um ambiente acolhedor, com estrutura adequada para atender os usuários. O poeta, Alan Lacerda, está há duas semanas na casa e relata a importância do acolhimento que vem recebendo pela gestão municipal.  “Cheguei na casa por meio do Centro POP. Só Deus sabe como me encontrava e aqui fui recebido de braços abertos, com carinho, afeto, apoio psicológico e serviço de qualidade. Aqui eles nos ouvem, entendem a situação e, de fato, trabalham para nos ajudar a sair dela”, enfatizou Alan Lacerda. 

  

O espaço, com 35 alojamentos, é aberto para homens e mulheres maiores de 18 anos, oferecendo cinco refeições diárias, material de higiene pessoal completo e transporte para demandas externas. “É um trabalho minucioso que requer muita expertise da equipe. O primeiro contato com as pessoas em situação de rua acontece por meio da abordagem social, onde a equipe multidisciplinar composta por assistente social, educadores e psicólogos, identifica o perfil da pessoa em situação de rua, sempre respeitando a especificidade de cada pessoa, e encaminha para o atendimento dos serviços socioassistenciais da proteção especial ou outros serviços ofertados pelo município”, enfatizou a secretária da Sedes Nadja Dias.

Serviço de qualidade 

A equipe social da Prefeitura de Juazeiro realiza uma força-tarefa para que todas as pessoas que chegam aos centros de acolhimentos, saiam de lá já encaminhados para o mercado de trabalho ou aptos para levar a vida diferente de como chegou. A prova disso é a história do acolhido Denilson Pessoa que, há 28 anos, vivia pelas ruas do país. “Tenho 28 anos como morador de rua. Já andei pelos quatros cantos do Brasil e, para mim, a Casa de Acolhimento Transformar de Juazeiro foi a melhor que eu já estive. Aqui existe socialização, empatia, carinho e serviço de qualidade. Estou me tornando a pessoa que há anos gostaria de ser”, destacou Denilson Pessoa. 

  

A Casa de Acolhimento Transformar tem parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Instituto Federal da Bahia (IFBA), Estácio/ Idomed e   Unibras.  O espaço fica na Rua Santa Clara, nº 801, bairro Piranga e disponibiliza serviços como o retirada gratuita de documentação, atendimento odontológico e médico com equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicólogo, educadores sociais, e educador físico, Projeto Alfabetizar (que alfabetiza os acolhidos para retirada dos documentos não mais como analfabetos), Projeto de Musicoterapia (música e confecção de instrumentos de percussão pelos acolhidos); Projeto de hortoterapia e aulas de capoeira. 

  

Texto: Maiara Santos- Ascom Sedes PMJFOTO: Luan Medrado