”Danado de Bom” se consagra no 50º Concurso de Quadrilhas Juninas de Petrolina e conquista tricampeonato  

0
494

Ascom PMP

Uma grande festa com belas apresentações, cores e muita alegria, assim foi a 50ª edição do tradicional Concurso de Quadrilhas Juninas de Petrolina, que recebeu um público recorde neste último sábado, na quadra do ginásio do SESC, onde ocorreram os espetáculos.  

Com participação de 10 agremiações: Explode Coração, Balão Dourado, Danado de Bom, Renascer do Sertão, Majestade, Buscapé, Xâmego Bom, Sem Limite, Nação Sanfonear e Levanta Poeira, o evento, que é uma parceria da Prefeitura de Petrolina e TV Grande Rio, afiliada Globo na região, este ano premiou os três primeiros colocados com um valor de R$ 22 mil, distribuídos de acordo com o critério de classificação. Da arquibancada do ginásio, a participação do público presente foi vibrante, com gritos e aplausos de incentivo a cada nova coreografia. Na quadra os quadrilheiros pareciam sentir a energia enviada pelas torcidas e mostravam sintonia, entusiasmo e alegria em cada passo. 

Após a última exibição, a expectativa ficou por conta da espera do resultado da agremiação vencedora. Com a contagem das notas do júri, a primeira colocação, ficou com a Quadrilha Junina, Danado de Bom, que conquistou o seu terceiro título consecutivo no Concurso e levou o prêmio de R$ 9 mil. Nascida no bairro da Vila Mocó, a Quadrilha, que apostou em um figurino rico em cores e uma trilha sonora dançante, resolveu homenagear às suas raízes e destacou como tema, a “Folia de Reis”, como referência da festa realizada na comunidade, o saudoso Reisado da Vila Mocó. Já a segunda colocação ficou com a Quadrilha Explode Coração, que levou o prêmio de R$ 7.500 mil, além de troféu. O terceiro lugar foi para a estreante na competição, a Quadrilha Chamego Bom, da cidade de Sobradinho – BA, que recebeu a premiação de R$ 5.500 mil e troféu. 

Para o Secretário Executivo de Cultura, Cássio Lucena, a noite foi de celebração pelas grandes apresentações dos grupos juninos. “As Quadrilhas fizeram um belo espetáculo, encantador e digno de comemoração de 50 anos dessa nossa tradição cultural. Tivemos um carinho enorme do prefeito Simão Durando, que é um apaixonado pelas quadrilhas, nos pediu para fazer a melhor edição e estamos muito felizes. A participação popular, as famílias que lotaram o espaço, foi tudo incrível. Uma verdadeira ópera nordestina que nos estimula a cada ano a fazer o nosso melhor”, enfatiza Cássio Lucena. 

——–

Marco Cerqueira – Assessor de Comunicação da Secretaria Executiva de Cultura