Em final insana, Procuradoria vence SECULT nos pênaltis e é campeão do Campeonato do SINSERP 2023

0
162
Texto e fotos: Rubens Carvalho

Procuradoria é o grande campeão da Campeonato do SINSERP 2023! Neste sabado (28), o PGM empatou por 4 a 4 com o SECULT no tempo normal, no Clube do SINSERP, e venceu depois nos pênaltis por 3 a 2, em uma disputa eletrizante e definida apenas nas cobranças alternadas.

O Jogo

Em campo, o Procuradoria foi dominante no 1º tempo e abriu o placar com muita tranquilidade, logo aos 12 minutos, Gian Michel iniciou grande jogada e a bola encontrou Jean Carlos que, mesmo pressionado por Flexinha, conseguiu rolar para as redes. E o tempo inicial após o gol ficou assim, ataque sem êxito da PGM e a turma da Secretaria de Educação na defesa sem criar chances de marcar.

Após o intervalo, nos minutos iniciais, Laercio Carlos e Jean Carlos duas vezes ampliaram o marcador em 4 X 0. Mesmo na arquibancada porque estava suspenso, o comandante Rodriguinho conversou com os atletas da equipe da Educação e resultou na reação. Já do outro lado as alterações do Técnico Ramon fizeram a sua equipe perder o ritmo da etapa inicial, assim saíram para descansar o Jean Carlos e Lucas Yan. O time da SECULT melhorou muito e igualou no 2º tempo, criando chance atrás de chance e fazendo os tentos até conseguiu encontrar o empate em 4 X 4. As duas equipes ainda tiveram oportunidades para ganhar no tempo normal, mas o empate persistiu, e a definição do troféu foi nos pênaltis.

Pênaltis

Nas cobranças, Laercio, Gian Michel, Marcio Silva converteram e Jean Carlos chutou para fora do lado da Procuradoria. Enquanto, Adriano, Cleumax acertaram as cobranças e Edilson e Wesney desperdiçaram pa SECULT. O resultado final nas penalidades máximas de 3 X 2 deu título de Campeão a Procuradoria em cima da SECULT em 2023.

O artilheiro da competição foi o atleta Helder da AMA com 7 gols e o goleiro destaque foi o Marcos Vinicius da Procuradoria. Os organizadores do Campeonato foram Cacá, Julian, Osdean e apoio total do Presidente Luiz Alberto e toda Diretoria do SINSERP.

VEJA FOTOS DA DECISÃO