Em virada histórica, Palmeiras bate o Botafogo em jogaço de sete gols

0
157
Botafogo x Palmeiras Série A 01112023 Foto Cesar Greco-Palmeiras-Gazeta Esportiva
Da Redação - Carlos Humberto

Com o Nilton Santos cheio mais uma vez, Botafogo e Palmeiras brilharam em jogo de sete gols, válido pela 31ª rodada do Brasileirão, com direito a expulsão e pênalti perdido.

O alvinegro fez um primeiro tempo primoroso e saiu vencendo por 3 a 0 com gols de Eduardo, Tchê Tchê e Junior Santos. O Palmeiras reagiu na segunda etapa e virou para 4 a 3 com gols de Endrick, duas vezes, Flaco Lopes e Murilo.

O resultado faz a diferença entre as duas equipes cair para três pontos, o que coloca o Palmeiras em luta direta pelo título.

Ainda no segundo tempo, o artilheiro Tiquinho desperdiçou uma penalidade, defendida pelo goleiro Weverton.

RESENHA

Se o Botafogo deu um passeio no primeiro tempo, o Palmeiras deu o troco no segundo e foi buscar a vitória.

Eduardo, aos 20 minutos, Tchê Tchê aos 29 e Junior Santos aos 35 do primeiro tempo marcaram os gols que deixaram o Palmeiras atordoado com o volume de jogo do adversário. No segundo tempo, Tiquinho perdeu a chance de fazer o quarto gol ao chutar um pênalti nas mãos de Weverton.

Mostrando postura de candidato ao título, o Palmeiras reagiu no segundo e com resiliência marcou os quatro gols que deram a vitória histórica por 4 a 3. Endrick, duas vezes, Flaco Lopes e Murilo foram os algozes do time carioca e heróis do alviverde.

Quando o placar mostrava empate em 3 a 3, o zagueiro Adrielson, do Botafogo, foi expulso.

SITUAÇÃO NA TABELA

O resultado manteve a liderança do alvinegro com 59 pontos e um jogo a menos, enquanto o esmeraldino chegou aos 56 pontos no segundo lugar, com 31 jogos.

SEGUE A TABELA

Pela 32ª rodada, o Palmeiras recebe o Athletico-PR em Barueri no próximo sábado (4), às 21h30. Na segunda-feira (5), o Botafogo faz o clássico carioca contra o Vasco, em São Januário, às 19 horas.