Está passando a hora de repensar o calendário do futebol baiano

0
296

A opinião de Jota Jota

Estamos no começo do mês de setembro, faltando ainda quatro meses para o enceramento do ano, e o futebol da Bahia tem apenas dois clubes profissionais em atividade, jogando as séries A e B do Campeonato Brasileiro, alguém sabe me dizer o que fazem os demais filiados da FBF?

Todos eles estão com as camisas guardadas em armários e ou caixas de papelão, protegidas por naftalina para evitar que sejam corroídas por percevejos e traças, por não terem nenhuma atividade oficial para manterem seus elencos, consequentemente o emprego de inúmeros atletas.

Vejam que na série A do Bahiano tivemos 10 equipes, oito delas estão inativas, na série B, as 10 que competiram estão paradas, dispensaram seus elencos pagando as obrigações, mas sem nenhuma perspectiva de que a Copa Governador do Estado seja realizada, muito embora esteja estampada no calendário da FBF.

Então os presidentes de clube precisam se movimentar, o calendário do futebol da Bahia precisa ser passado a limpo, e isso não cabe apenas a Federação de Futebol não, passa também pelas administrações dos clubes filiados e que disputam as séries A e B da entidade. É preciso que encontros periódicos aconteçam e projetos sejam apresentados e discutidos.

Neste momento a realização da Copa Governador é totalmente inviável, nenhuma das 18 equipes inativas vão montar um elenco para dois meses de competição e totalmente deficitário, sem uma premiação condizente com o possível esforço. Mas se a coisa for planejada, a FBF sair em busca dos patrocínios, se a TV estatal for mais generosa, tudo poderia dar certo.

Mas para que isso venha a acontecer, será preciso que alguns presidentes cascas grossas encabecem a campanha “REVISÃO DO CALENDÁRIO JÁ”, com a troca de ideias e projetos para serem apresentados à FBF e consequentemente discutidos para a necessária melhoria.

Ah, mas os dois campeonatos estaduais são deficitários, então coloquem também estas cartas sobre a mesa, discutam melhorias e caminhos a serem traçados para que as metas possam ser alcançadas e os prejuízos diluídos em campanhas promocionais, bons times e patrocinadores.

Vão dizer que estou sonhando, mas nenhuma mudança vem antes de um sonho, e só com atitudes, estes sonhos não viram apenas alimentos de mosca de padaria. Sonhe e absorva o que sonhou, lá na frente perceberás que estás alimentado.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA