Fla-Flu de muitos cartões termina sem gol no Maracanã

0
289
Por Carlos Humberto

Em jogo da 15ª rodada do Brasileirão, Fluminense e Flamengo empataram em 0 a 0 neste domingo, no Maracanã. As equipes tentaram e dois gols, um para cada lado, foram marcados em campo, mas anulados pelo VAR, que detectou falta nos dois casos.

O resultado, comemorado pelo líder Botafogo, manteve o Flamengo na vice-liderança com 27 pontos. Já o Flu cai para a 5ª colocação com 25 pontos.

RESENHA

O Fla-Flu deste domingo foi muito agitado, com muitas faltas que levaram o árbitro a fazer uma farta distribuição de cartões. Ao todo foram 11 amarelos e um vermelho. Tecnicamente as duas equipes produziram abaixo do esperado, e ficaram devendo aos mais de 62 mil torcedores presentes ao estádio. Nas poucas oportunidades reais de balançar as redes, faltou precisão aos jogadores na conclusão das jogadas.

SEGUE A TABELA

Na próxima rodada, de número 16, o Rubro-Negro recebe o América-MG no dia 22, sábado, no Maracanã, às 16 horas. O Tricolor só volta a campo na segunda-feira (24), segunda-feira, para enfrentar o Coritiba, no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0X0 FLAMENGO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16/07/2023, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (Fifa-DF)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Wagner Reway (VAR-Fifa-PB)
Cartão amarelo: Felipe Melo, Ganso, Pedro Rangel, Cano, André, Fernando Diniz, Lima e John Kennedy (Fluminense) e Everton Ribeiro, Thiago Maia, Jorge Sampaoli, André, Gabigol e Filipe Luís (Flamengo)
Cartão vermelho: Luiz Araújo (Flamengo)

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (John Kennedy) e Marcelo (Felipe Andrade); André, Martinelli (Lelê), Lima, Ganso (Léo Fernández) e Arias; Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

FLAMENGO: Matheus Cunha; Wesley, Léo Pereira, David Luiz (Pablo) e Filipe Luís; Thiago Maia (Luiz Araújo), Gerson, Everton Ribeiro (Victor Hugo) e Arrascaeta (André); Everton Cebolinha (Allan) e Gabigol. Técnico: Jorge Sampaoli.