Hoje é o dia nacional do goleiro, criado em homenagem a ídolo do Botafogo

0
728
Manga ex-goleiro Foto Vanderlei Lima-UOL-Reprodução
Da Redação - (Ex-goleiro Manga / Foto: Vanderlei Lima-UOL-Reprodução)

Em 26 de abril de 1983 é criado o Dia Nacional do Goleiro. A data escolhida serviu para homenagear o ex-goleiro Manga (Hailton Correia de Arruda), que jogou no Botafogo, Nacional do Uruguai, Internacional, Coritiba e Grêmio nos anos 60 e 70, e defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Inglaterra.

Em 1965, em amistoso no Maracanã contra a antiga União Soviética, foi personagem de um lance surreal: ao cobrar um tiro de meta, a bola bateu na cabeça de um jogador russo e entrou no gol. O Brasil vencia por 2 a 0, com gols de Pelé e Gérson e terminou cedendo o empate. Protagonista de várias histórias, Manga não usava luvas para jogar e como consequência sofreu diversas fraturas nos dedos.

Hoje, aos 84 anos, Manga vive no Retiro dos Artistas no Rio de Janeiro. Veio do Sport para o Botafogo, onde brilhou de 1959 a 1968.

De acordo com informações do site www.calendarr.com, a ideia de criar o Dia Nacional do Goleiro surgiu em 1975, a partir de uma iniciativa dos professores da Escola de Educação Física do Exército do Rio de Janeiro, Raul Carlesso e o capitão Reginaldo Pontes Bielinski. Carlesso era o preparador físico da Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo de 1974 e foi o pioneiro em desenvolver uma preparação especial para os goleiros no Brasil.