iDoser a Droga sonora que todo pai deve ter cuidado!

0
277

O termo “iDoser” refere-se a uma prática que envolve o uso de áudios ou sons para tentar induzir estados alterados de consciência, semelhantes aos obtidos por meio de substâncias psicoativas, como drogas ilícitas ou medicamentos controlados. Essa prática geralmente envolve ouvir faixas de áudio que contêm sequências de sons binaurais, isocrônicos ou monaurais, que supostamente têm o potencial de influenciar as ondas cerebrais e levar a experiências psicoativas, como relaxamento profundo, euforia, sonolência, entre outros.

No entanto, é importante observar que não há consenso científico sobre a eficácia real do iDoser em induzir tais estados alterados de consciência. Enquanto algumas pessoas afirmam ter tido experiências interessantes com esses áudios, os resultados podem variar amplamente e muitos especialistas em neurociência e psicologia questionam a validade desses efeitos.

Quando se trata dos pais, é fundamental ter cuidado e preocupação com o uso potencial do iDoser, especialmente por parte de adolescentes e jovens. Aqui estão algumas razões pelas quais os pais devem estar atentos:

  1. Saúde Mental e Física: A tentativa de induzir estados alterados de consciência sem supervisão ou conhecimento adequado pode ter efeitos negativos na saúde mental e física. O uso inadequado de sons projetados para afetar as ondas cerebrais pode causar ansiedade, confusão, insônia e outros problemas.
  2. Influência Negativa: O iDoser pode normalizar a busca por experiências psicoativas, o que pode levar a uma maior curiosidade sobre drogas reais. Os jovens podem começar a experimentar substâncias ilícitas para buscar sensações similares, o que coloca em risco a saúde e o bem-estar deles.
  3. Falha na Educação: A busca por estados alterados de consciência por meio do iDoser pode desviar a atenção dos jovens de atividades construtivas, como a educação, hobbies e interações sociais saudáveis.
  4. Legalidade e Ética: Dependendo das leis de cada país, a posse e a distribuição de determinadas substâncias ou produtos para indução de estados alterados de consciência podem ser ilegais ou éticas questionáveis.
  5. Fonte e Credibilidade: A fonte dos áudios de iDoser pode ser questionável. Muitos desses conteúdos não têm respaldo científico e podem ser criados por indivíduos com pouca compreensão real das implicações para a saúde mental.

Portanto, os pais devem estar cientes das atividades online de seus filhos, incluindo o que estão ouvindo, assistindo e fazendo na internet. Conversas abertas sobre os riscos potenciais do iDoser, bem como a promoção de alternativas saudáveis para relaxamento, diversão e gestão do estresse, são fundamentais para orientar os jovens de maneira segura e consciente.