Incentivo ao esporte

0
218

FazAtleta divulga nova lista de contemplados com 13 atletas e três eventos 

Judô lidera com mais atletas, enquanto os eventos serão de meias maratonas em maio  

A segunda lista com 16 projetos aprovados no Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador Olímpico e Paralímpico (FazAtleta) foi divulgada na edição da quinta-feira (04), no Diário Oficial do Estado (DOE). Ao todo, 13 atletas e três eventos esportivos foram contemplados no programa que beneficia inúmeras modalidades esportivas de toda a Bahia. 

Para este ano, o Governo do Estado está destinando R$ 6 milhões para o programa, sendo o mesmo valor executado em 2022, após um incremento inédito nos R$ 4,5 milhões previstos inicialmente. As propostas são aprovadas pela Comissão Gerenciadora do FazAtleta, presidida por Vicente Neto, diretor-geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). 

Entre os atletas, seis modalidades foram contempladas: ginástica, kart, natação, ciclismo, rally e judô. Após um destaque maior para o ciclismo na primeira lista, em que tiveram 15 representantes aprovados, desta vez, o judô lidera com sete atletas.  

Já os eventos esportivos são todos da modalidade do atletismo na prova de meia maratona, uma das que mais reúnem participantes nas competições da Bahia. Ao todo, a previsão é de acumular mais de quatro mil pessoas nas três corridas. 

A 5ª Meia Maratona de Feira já acontece neste domingo, 07, com a largada às 6h30 no estacionamento da Prefeitura de Feira de Santana, na Avenida Getúlio Vargas, onde também será a chegada dos corredores. Ainda no mês de maio, terão a 3ª Corrida Rústica do 6º Batalhão da Polícia Militar, em Senhor do Bonfim, no dia 14, e a tradicional Meia Maratona Farol a Farol, entre os bairros da Barra e de Itapuã, em Salvador, no dia 28, que chegará a sua décima segunda edição. 

Programa – Criado em 1999, o FazAtleta é destinado a atletas, equipes e eventos, por meio do pagamento de despesas em viagens, aluguel de equipamento esportivo, contratação de seguro de vida e aquisição de material esportivo, além de bolsa-auxílio para o atleta que se dedica exclusivamente à prática esportiva e remuneração do técnico que o acompanha, dentre outros benefícios. 

O proponente precisa apresentar uma proposta com todos os documentos necessários e divulgados no site da Setre, na seção FazAtleta, que será submetida a uma análise prévia e, caso tudo esteja correto, à comissão gerenciadora. Após a aprovação, a empresa patrocinada poderá obter até 80% do valor total do projeto esportivo como abatimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), enquanto os 20% restantes são de recursos diretos.

Ascom Sudesb