Jacuipense faz o dever de casa e está na final do Baiano 2023

0
319

Da Redação – Jota Jota – Foto Lucas Pena

Jacuipense e Juazeirense se enfrentaram neste domingo (19) pelo jogo de volta na semifinal do Campeonato Baiano no Walfredão, em Riachão do Jacuípe, e o Leão do Sisal que precisava de um empate para ir à decisão do certame, terminou vencendo por 3 a 0.

Tivemos um primeiro tempo com poucas chances de gols, embora a Juazeirense tivesse um volume maior de jogo, mas esbarrando na defensiva armada pelo Jonilson Veloso, cuja meta foi alcançada ao não levar gol nos primeiros 45 minutos mais os acréscimos, e em uma cobrança de falta espetacular de Thiaguinho aos 24 minutos o Jacuipense aumentou a vantagem para dois gols de diferença.

No segundo tempo nem mesmo com as mudanças e um maior número de finalizações, a Juazeirense não conseguiu o seu intento, e jogando em casa já com resultado garantido, o Leão do Sisal se limitou a se defender e sair apenas nos contra-ataques, e foi assim que chegou ao segundo gol, depois que Jamerson da Juazeirense por reclamação foi expulso, Welder no rebote de uma bela defesa de Gleidson fez o segundo gol. Para confirmar a classificação que cravou a segunda final seguida do Jacuipense, Raphinha marcou o terceiro dando números finais ao marcador.

Agora em duas partidas o Jacuipense decide o título com o Bahia, jogando a primeira em casa e decidindo na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA

Jacuipense 3×0 Juazeirense

Semifinal do Campeonato Baiano

Estádio Eliel Martins – Riachão do Jacuípe/BA

16h00 – Domingo 19.03.2023

Renda: R$35.760          

Árbitro: Diego Pombo Lopes

Aux. 1: Alessando Álvaro Rocha de Matos

Aux. 2: Ledes José Coutinho Neto

Cartão vermelho: Jamerson (Juazeirense)

Gols: Thiaguinho – Welder – Raphinha (Jacuipense)

JACUÍPENSE: Jean; Raphinha, Weverton (Vitor), Kanu e Radar; Fábio Bahia, Vinicius Amaral (Flávio), Eudair (Fábio Matos) e Welder; Thiaguinho (Robinho) e Jeam. TEC: Jonilson Veloso.

JUAZEIRENSE: Gleidson; Dadinha (Éric), Jemerson, Wendell e Nildo (Jerry); Waguinho, Knupp (Pablo), Clebson (Caique) e Reinaldo (Neto Baiano); Kesley e Ian. TEC: Carlos Rabello