Morre Palhinha, ídolo do Cruzeiro, Atlético e Corinthians

0
463
Foto: crédito UOL
Por Carlos Humberto / Foto: Crédito UOL

Morreu na manhã desta segunda-feira (17), aos 73 anos, em Belo Horizonte, o ex-jogador e treinador Vanderlei Eustáquio de Oliveira, o primeiro Palhinha, ídolo de clubes como Cruzeiro, Atlético Mineiro e Corinthians. A causa da morte não foi revelada, mas o jogador estava internado em hospital da capital após infecção. A informação foi divulgada pela Rádio Itatiaia (MG).

Palhinha iniciou a carreira vestindo a camisa do Cruzeiro em 1969 se tornando ídolo, campeão e artilheiro da Libertadores em 1976 com 13 gols.

Em seguida se transferiu para o Corinthians onde foi campeão paulista do Timão em 1977, como titular absoluto da equipe que quebrou o tabu de 23 anos sem títulos.

No início dos anos 1980 voltou para Minas Gerais para defender o Atlético Mineiro, onde conquistou o título estadual do ano, fez fama e se tornou ídolo do Galo.

Palhinha também foi jogador da Seleção Brasileira, atuando de 1973 a 1979 e marcou seis gols, mas não conquistou títulos.

No final da carreira foi jogador do Santos, Vasco e América-MG. Depois virou treinador e comandou América, Atlético, Cruzeiro, Rio Branco de Andradas (MG), Corinthians, União São João de Araras (SP), Ferroviário (CE), Inter de Limeira (SP) e Villa Nova de Nova Lima (MG).