Não joguem a culpa em quem não as tem

0
201
A opinião de Jota Jota

Após a última rodada na fase de classificação do Certame Baiano, vimos que Bahia, Jacuipense, Juazeirense e Itabuna são os semifinalistas da competição ocupando o chamado G 4, enquanto Jacobinense e Doce Mel foram rebaixados para a série B em 2024. 

Temos observado nas redes sociais, comentários de que o Bahia, por atuar com uma equipe baseada no sub 20, teria prejudicado algumas agremiações que buscavam suas possíveis classificações, e as perderam pela goleada que o Itabuna aplicou no Bahia por 4 a 0, e que também queria se classificar e mereceu.

Ora, na minha ótica e análise bem fria, me conduz em afirmar que a responsabilidade, agora jogada nas costas do Bahia, não é a realidade dos fatos, pois estão eximindo de culpa quem verdadeiramente as tem, pois vejamos.

Bahia de Feira, Atlético de Alagoinhas e Barcelona de Ilhéus não reeditaram suas campanhas de 2022, e quem o fez foi apenas o Vitória que voltou a ficar de fora da cereja do bolo pela 5ª vez seguida. Todos jogaram bem abaixo de suas capacidades, não somando os pontos necessários ao longo da caminhada, esperando que fossem baforados pela sorte na linha de chegada.

Bahia de Feira só acordou depois que o presidente da agremiação, professor Jodilton Souza, resolveu passar um carão na rapaziada, e só então começou tardiamente uma recuperação.

O Barcelona reformulou o elenco em 100%, trazendo debutantes ao futebol baiano, e no empreendimento e investimento investidos, sendo necessário recorrer a mudança da comissão técnica a apenas uma semana do último jogo, e deu certo.

O Atletico vem claudicando desde o início da competição. Trocou o treinador e nem mesmo assim conseguiu alavancar sua reabilitação, e o pior, vai mal também na Copa do Nordeste, e vai ficar de fora nas duas competições.

O Vitoria, que triste ter que reafirmar as seguidas incompetências administrativas referente ao futebol, que ao longo de cinco e tenebrosos anos vem castigando seus torcedores, e denegrindo a agremiação dentro de campo, onde ninguém mais respeita o Leão da Barra.

Então, senhores, de quem mesmo é a culpa destas equipes não chegarem aos seus objetivos? Do sub 20 do Bahia ao levar de 4 do Itabuna? Não que por um lado não fique uma rusga de descontentamento, ao afirmarem que o Tricolor não respeitou ou levou a sério a última rodada, pois as classificações seriam diferentes, caso o Bahia derrotasse o Itabuna.

Agora, o leite já está totalmente derramado, e os quatro semifinalistas vão se preparar para chegar na grande final no dia 19 de março.

Que os desclassificados juntem os cacos, se levantem e sacudam a poeira para que possam dar a volta por cima.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.