NOTA DE PESAR

0
86

Foto: Divulgação

Miguel Coelho emite Nota de Pesar pelo falecimento de seu tio-avô, Adalberto Coelho, um dos fundadores do Grupo Coelho

“Com muito pesar, escrevo estas palavras em homenagem ao meu tio avô Adalberto Coelho, que faleceu nesta quinta-feira aos 90 anos. Adalberto foi um homem incrível, que dedicou sua vida ao trabalho e deixou um legado importante como um dos fundadores do Grupo Coelho, onde trabalhou por toda sua vida.

Além de empresário, Adalberto foi vereador de Petrolina de 1955 a 1959, atuou como líder sindical patronal e ocupou cargos importantes na Confederação Nacional da Indústria. Ele era uma pessoa muito respeitada, um exemplo de sucesso e trabalho duro.

Adalberto foi o 16º dos 17 filhos de Clementino de Souza Coelho e Josefa Maria de Souza Coelho, irmão de Nilo, Gercino, José, Paulo, Geraldo, Osvaldo, Dulcinéia, Diva, Darci e Augusto Coelho. Sua partida deixa uma grande lacuna na família e na sociedade em geral.

Neste momento de dor, que Deus possa estar no meio de todos, confortando os corações e dando forças. Descanse em paz, tio Adalberto. Seu legado nunca será esquecido e sua memória sempre será honrada.”

Miguel Coelho, ex-prefeito de Petrolina