O drama dos pênaltis e um candidato a herói

0
323
Por Tony Martins - Foto: Rubens Carvalho

Assim que o árbitro potiguar Leonilson Fernandes apitou o final da partida no Adauto Moraes, foi inevitável não lembrar das decisões memoráveis por pênaltis já vivenciadas pelo Cancão de Fogo, principalmente na Copa do Brasil, diante de Volta Redonda, Cruzeiro e Vasco, vencidas pela Juazeirense. O time da casa foi consciente e competente, convertendo quatro cobranças: Clebson, Yan, Janeudo e Patrick, sem a necessidade de efetuar a quinta, visto que, o Moto Clube perdeu dois pênaltis.

Inegavelmente, o goleiro João Guilherme, foi o herói da classificação. Primeiramente por ter feito uma grande defesa aos 35 minutos do segundo tempo, quando o jogador Fernando do Moto Clube ficou frente a frente com ele, obrigando-o a defender a bola para evitar a virada maranhense.

Na disputa de pênaltis João Guilherme fez duas defesas difíceis, pois, as bolas foram no canto, exigindo dele tempo de reação e flexibilidade para obter sucesso nos lances. Sobre a comparação com Rodrigo Calaça, feita por alguns depois do jogo, um ídolo da torcida juazeirense, João Guilherme agradeceu, mas, ressaltou: “Sei da importância dele para o clube, o quanto brilhou vestindo essa camisa, mas, eu vim aqui para fazer minha história, vim para brilhar”. Ele ainda fez questão de mencionar a importância do trabalho de Clayton, treinador de goleiro da Juazeirense: “Veiinho, como costumo chamá-lo, tem um papel importante no nosso sucesso de hoje, com essa classificação, ele trabalha muito e nos incentiva bastante”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
JUAZEIRENSE 1 X 1 MOTO CLUBE- (pênaltis 4 x 1)
1ª FASE PRÉ COPA DO NORDESTE
LOCAL – Estádio Adauto Moraes – Juazeiro – Bahia
DATA – 07 de Janeiro de 2024
RENDA – 12.040,00
PÚBLICO PAGANTE – 602
PÚBLICO TOTAL – 677
GOLS: Leandrinho (JZE) 8′ do 1º tempo e Léo Silva (Moto) 6’ do 2º
ÁRBITRO CENTRAL: Leonilson Fernandes – RN
ASSISTENTES: Jean Márcio (RN) e João Henrique (RN).
ÁRBITRO RESERVA: Emerson Souza (BA).
JUAZEIRENSE: João Guilherme; Edson, Zé Romário, Mauricio e Talys; Patrick, Elivelton (Clebson), Romarinho (Mauro) e Leandrinho (Alessandro); Yan Augusto e Luis Soares (Janeudo). TÉCNICO – Carlos Rabelo.
MOTO CLUBE: Dida; Alex Rocha (Everton Silva), Maycon, Gilmar Pit-bul e Erik; Jocivan (Fernando), Léo Silva, Tárcio ( Ryan) e Valdir (Vitinho); Everton Recife e Misael (Geovani). TÉCNICO – Marcinho Guerreiro.