OS PROTAGONISTAS DAS SEMIFINAIS NO CENTENÁRIO DA LDJ: VENEZA

0
140
Veneza x XV de Novembro 17-10-2023 Foto ACH
Por Tony Martins

A HISTÓRIA

Dos quatro semifinalistas do Campeonato do Centenário da Liga Desportiva Juazeirense- LDJ, o Veneza é o mais antigo e mais relevante em termos de conquistas. Essa agremiação é a que mais conquistou o Campeonato Juazeirense.

O Veneza foi fundado em 19 de abril de 1919 e teve a maior sequência de títulos municipais. Foram sete seguidos. 1923 (primeiro realizado pela LDJ), 1924/25/26/27/28/29.

Na nossa lembrança vem os jogadores Janjão Torres, Saul Rosas, Santa Cruz e Osório Passos que fizeram parte da primeira partida do   time do Veneza.

Nas décadas de 1950/60/70 o Veneza, ao lado do Olaria protagonizou a maior rivalidade do futebol amador da cidade diminuída com o advento do profissionalismo. Essa equipe chamada também de “Poder Azul”, em razão da sua pujança, também é dona de umas das maiores torcidas, embora pouco compareça ao estádio no atual Campeonato Juazeirense.

Entre 1969 e 1975 ganhou 6 títulos municipais, tendo uma interrupção em 1971 quando o Botafogo conquistou o Super-Super campeonato, sendo bi em 1969 e 1970 e tetro campeão em 1972/73/74/75. Naquele período o time de 1973 ficou marcado como um dos melhores, formado com Farinha, Bebeto, Avelar, Lércio e Valdeci; Benitez, Zé Odorico e Celso Maravilha; Feijão, Totonho e Chico. O técnico foi Edésio Santos.

Além dos fundadores, vários baluartes contribuíram com a história exitosa do Veneza: Lulu Viana, Péricles Mota, Zito contador, Fábio da oficina, Dr. Plínio Pereira, Roberto Carlos, Dárcio Domingos Rosa, José Gomes da Cunha. Vários treinadores estiveram à frente do “Poder Azul”: Nezinho Martins, Geraldo Melo (segundo alguns, o melhor de todos), Edésio Santos, Raimundo Amarildo, Caboclinho, Baé, Chico José, Valter Henrique e Guanair Atanázio. Atualmente o time é treinado por Gleicinho.

Num passado recente podemos destacar outros jogadores que defenderam as cores do time azulino: Railson, Melqui, Dedé, Cocada, Pedro Café, Gerson, Assis, Betinho, Galeguinho, Nadilson, Janilson, Cecé, Fumanchu, Jorginho, Baltazar, Valter. Enfim, são inúmeros, mas, a minha lembrança não alcança, de qualquer forma, o registro dos mencionados é importante.

CAMPAMHA

O Veneza foi o primeiro de seu grupo, perdendo apenas uma partida na primeira fase e chega na fase semifinal com amplas chances de passar para a final. O adversário será a Juazeirense em partida a ser realizada no sábado (18/11/23), às 15:30, no estádio Adauto Moraes.