Renato Augusto decide e Corinthians bate o São Paulo pela Copa do Brasil

0
337
Foto: Thaís Magalhães/CBF
Por Carlos Humberto

Com gols de Renato Augusto, Corinthians bate o São Paulo no primeiro jogo da fase semifinal da Copa do Brasil e sai na frente em busca de uma vaga na decisão contra o vencedor de Grêmio e Flamengo.

A partida realizada na Neo Química Arena teve a presença de 46.965 torcedores alvinegros e terminou com a vitória corinthiana por 2 a 1. O gol são-paulino foi marcado pelo atacante Luciano.

RESENHA

Sem inspiração, as duas equipes fizeram um primeiro tempo morno que dificultou até a escolha dos melhores momentos mostrados pela TV.

O cenário mudou na volta do intervalo e comandado pelo meia Renato Augusto, o Timão encontrou o caminho para a vitória. O camisa 8 abriu o placar logo aos 2 minutos. Aos 8 Luciano empatou ensaiando a reação do Tricolor, abortada mais uma vez pelo ídolo corintiano quando eram decorridos 35 minutos do segundo tempo, decretando a vitória na primeira partida da fase semifinal.

O jogo de volta está marcado para o dia 16 de agosto, no Morumbi, e o time do técnico Vanderlei Luxemburgo se classifica com um novo triunfo ou um simples empate. O time de Dorival Junior precisa vencer com uma diferença de dois ou mais gols para eliminar o adversário.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 1 SÃO PAULO
Copa do Brasil – semifinal 1 – jogo de ida
Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 25 de julho de 2023, terça-feira
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Nailton Junior de Sousa (Fifa-CE)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP)
Público total: 46.965 pessoas
Renda: R$ 2.690.717,50
Gols: Renato Augusto, aos dois minutos e aos 35 do segundo tempo (Corinthians); Luciano, aos oito minutos do segundo tempo (São Paulo)
Cartões amarelos: Pablo Maia, Luciano e Beraldo (São Paulo)
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Murillo e Fábio Santos; Fausto (Matheus Araújo), Maycon (Roni), Ruan Oliveira (Adson) e Renato Augusto (Bruno Méndez); Róger Guedes e Yuri Alberto (Felipe Augusto). Técnico: Vanderlei Luxemburgo
SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Arboleda, Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Alisson, Michel Araújo (Rodrigo Nestor/J.Méndez)) e Wellington Rato (Erison); Luciano (David) e Calleri (Juan). Técnico: Dorival Júnior