Rodrigo Chagas não é mais técnico da Juazeirense

0
191
Da Redação - Carlos Humberto - Foto: Ascom

Na manhã desta quarta-feira, a diretoria da Sociedade Desportiva Juazeirense, através da assessoria de comunicação, divulgou nota comunicando o distrato como o treinador Rodrigo Chagas.

Segundo o comunicado, a decisão se tornou inevitável em função da necessidade de pontuar nos últimos quatro jogos que faltam para encerrar a fase de classificação. “Foi a forma encontrada para mudar o atual cenário”, diz o texto.

A decisão foi tomada após empate em 0 a 0 contra o Bahia de Feira ontem, no Adauto Moraes, que manteve o clube na 6ª colocação com sete pontos, fora do G-4. A nota não fala no nome do novo treinador.

A reportagem falou com o presidente Roberto Carlos por telefone. O dirigente agradeceu o trabalho desenvolvido pelo treinador e sua comissão técnica, e revelou que desde a partida contra o Vitória, Chagas havia manifestado o desejo de sair: “A saída de Rodrigo Chegas não estava previsto acontecer, mas diante do cenário apresentado após cinco jogos. quando a equipe não encontrou um padrão de jogo definido, e restando apenas quatro partidas para encerrar a primeira fase, nós não podíamos ficar esperando por melhoras e resolvemos fazer a mudança”. 

A ideia “É trazer um novo técnico, que conheça o elenco e possa encontrar um caminho para que o clube não fique fora do segundo turno” – esclareceu o presidente.

Provocado, o dirigente não quis antecipar o nome do novo treinador, mas em contato com outras fontes, o novo comandante será um velho conhecido da torcida juazeirense: Carlos Rabelo.

Leia o comunicado na íntegra.

“COMUNICADO

A diretoria da Juazeirense comunica que Rodrigo Chagas deixa o comando técnico do time.

O Cancão de Fogo toma essa difícil decisão, mas diante dos últimos quatro jogos para o fim da primeira fase do Baianão, foi a forma encontrada para mudar o atual cenário.

O clube agradece os serviços prestados e deseja sorte ao técnico na sequência da carreira.

Junto com o treinador, deixa também o clube, o auxiliar André Beijoca”.