Série D: Juazeirense perde em casa e vai para a lanterna

0
136
Por Tony Martins

Horrivelmente derrotado, é o que se pode dizer do time da Juazeirense que tomou dois a zero do CSE de Alagoas, jogando no Estádio Adauto Moraes na tarde de sábado (18/05/2024), em partida válida pelo Grupo D da Série D do Campeonato Brasileiro.

A equipe baiana jogou ofensivamente o tempo todo e encontrou facilidade para desenvolver seu jogo, contudo, foi incapaz de concluir com eficiência as chances e oportunidades que surgiram na partida, por isso amargou mais uma derrota.

Primeiro tempo de chances perdidas e de derrota do Cancão

O time da Juazeirense teve inúmeras chances para fazer um placar elástico no primeiro tempo, com várias oportunidades desperdiçadas. A bola chegava de todo jeito: pelo alto, rasteira, de frente para o goleiro, sem goleiro, mas, ninguém conseguia definir a jogada.

O sistema defensivo do CSE facilitou a vida do ataque juazeirense, com uma marcação fraca. Porém, a insegurança e falta de precisão dos jogadores do Cancão de Fogo no momento de finalizar contribuem para o time alagoano não tomar o gol.

O castigo aconteceu aos 20 minutos, quando Jeferson cruzou e Edinho fez um a zero para o CSE, fechando o placar da primeira etapa do jogo.

Equipe continuou finalizando mal no segundo tempo e recebeu mais um castigo no final.

O segundo tempo foi igualzinho ao primeiro, onde a Juazeirense teve a posse de bola e continuou criando as chances de gol, sem, contudo, defini-las de forma exitosa. O sistema defensivo do CSE, mesmo com as linhas baixas, permitia que o Cancão jogasse livremente, mas, os donos da casa não conseguiam finalizar com sucesso, sendo que o goleiro Pedro praticou três defesas dificeis, em outras inúmeras chances a juazeirense desperdiçou por pura falta de capricho.

O time de Palmeira dos Índios teve apenas dois chutes no segundo tempo. No primeiro o goleiro Jailson colocou para escanteio e o segundo foi justamente aos 51 minutos com Ibson Melo que fez dois a zero para o CSE, fechando o placar: 2 x 0.

A Juazeirense enfrentará o ASA no próximo sábado no estádio Adauto Moraes, quando tentará seu primeiro triunfo na Série D e sair da lanterna do grupo, visto que, tem apenas um ponto.

Rejane Caetano da Silva (FIFA) do Rio de Janeiro conduziu bem a partida, sendo assistida pelos baianos Mauricio Araújo da Mata e Aleq Santana dos Santos.

Apenas 100 pessoas pagaram ingressos, com uma renda de 2.000,00