STJD divulga sentenças de jogadores denunciados na Operação Penalidde Máxima

0
250

Da Redação

Na última quinta-feira (1º) mais oito jogadores denunciados pela operação do Ministério Público de Goiás, Penalidade Máxima II, foram julgados pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Dois foram banidos do futebol, um foi absolvido e os outros foram punidos com mais 2.500 dias de suspensão.

Gabriel Tota e Matheus Gomes foram banidos do futebol e terão que pagar multas de R$ 30 mil e R$ 10 mil, respectivamente. O lateral Igor Cariús, do Sport Recife, foi o único absolvido entre os julgados até aqui.

Confira as outras punições:

Eduardo Bauermann (Santos): 12 jogos;

Paulo Miranda (sem clube): 1.000 dias e R$ 70 mil;

Moraes (Aparecidense-GO): 760 dias e R$ 55 mil;

Fernando Neto (São Bernardo): 380 dias e R$ 15 mil;

Kevin Lomónaco (Bragantino): 380 dias e R$ 25 mil.

No primeiro julgamento, Marcus Vinícius Alves Barreira, o Romário, ex-Vila Nova, foi banido do futebol. O outro condenado foi o volante Gabriel Domingos, também ex-Vila, foi suspenso pelo prazo de 720 dias.

Mais cinco atletas serão julgados na próxima terça-feira. São eles: Allan Godói (Operário-PR), André Luiz (Ituano), Mateusinho (Cuiabá), Paulo Sérgio (Operário-PR) e Ygor Ferreira (Sampaio Corrêa).

Importante lembrar que as decisões são em primeira instância e os réus podem recorrer.