Talentos do esporte baiano recebem apoio da Sudesb para se prepararem para competições importantes 

0
134

Talentos do esporte baiano recebem apoio da Sudesb para se prepararem para competições importantes 

A canoísta Lorrane Souza retorna para os treinamentos da Seleção Brasileira da modalidade em Minas Gerais com passagens garantidas pela Sudesb 

Jovens talentos baianos da canoagem e da natação já se encontram em diversas cidades pelo mundo, treinando e competindo como forma de preparação para as suas carreiras, com foco em torneios importantes do calendário nacional e internacional. Eles tiveram a concessão de passagens por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), como uma das modalidades de apoio ao esporte baiano. 

A canoísta Lorrane Souza, de apenas 13 anos, está de volta à cidade de Lagoa Santa, em Minas Gerais, após um período de recesso para descanso e ficar com sua família em Ubatã. Na cidade mineira a jovem promessa baiana seguirá com os treinamentos e as preparações técnicas e físicas pela Seleção Brasileira da modalidade, com foco nos Jogos Olímpicos de 2028, em Los Angeles, mas podendo surpreender ao aparecer nos Jogos Olímpicos de 2024, em Paris, competindo na classe C2, segundo seu treinador, Figueroa Conceição. 

“Lorrane é uma revelação e ganhou essas duas medalhas no Olympic Hopes, na Polônia. Ela é campeã do mundo num evento de base, que significa esperanças olímpicas, com o ouro nos 1000m, mesma distância que Isaquías Queiroz foi campeão olímpico, e bronze nos 500m. Para nós, é uma imensa felicidade de estar aqui e poder representar a Bahia pelo mundo”, comenta Figueroa. O mundial Olympic Hopes aconteceu no último mês de setembro.  

O treinador e a atleta estiveram na sede da Sudesb, no Estádio de Pituaçu, na tarde desta terça-feira, 17, para agradecer todo apoio da autarquia no desenvolvimento de Lorrane e da modalidade no estado para a canoagem nacional e internacional. “Depois de grandes nomes na modalidade, agora, estamos com Lorrane. Com todo esse apoio e carga da Sudesb, todos os atletas da Seleção Brasileira Masculina de Canoagem Sub-15 são oriundos do projeto Remando em Águas Baianas. É um orgulho para nós”, pontua. 

O Brasil conquistou 15 medalhas, sendo sete de ouro, no Olympic Hopes e ficou na quinta colocação no quadro geral de medalhas. E esse resultado com apenas cinco atletas, todos baianos, contra países europeus que inscreveram 20, 30, 40 e até 50 competidores. 

Natação – Já o jovem nadador Lucas Alves, de 17 anos, já se encontra em Cali, na Colômbia, para a disputa da Copa Pacífico de Natação – Copa Julio Maglione de Natação, entre os dias 17 a 22 deste mês. Como parte da Seleção Brasileira da Região Norte e Nordeste, ele se soma aos baianos Dan Spínola e João Pedro Afonso, que também vão competir na importante competição internacional.  

Segundo o presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), Diego Rocha, Lucas é um jovem atleta velocista. “Ele tem crescido muito nesta temporada, ficando entre os três primeiros do Norte e Nordeste na sua categoria. É uma aposta para o futuro da natação baiana.” 

Ascom Sudesb