Vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios são de Feira de Santana, Irecê e Juazeiro

0
563
Vencedoras prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2023 - Foto Dario G. Neto

Vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios são de Feira de Santana, Irecê e Juazeiro

As três ganhadoras do ouro nas três categorias disputaram pela primeira vez a competição

Por Marcia Gomes / Fotos: Dario G. Neto

Na data em que se comemora o Dia da Micro e Pequena Empresa, 5 de outubro, foi realizada a 15ª edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios (etapa estadual), em cerimônia na sede do Sebrae Bahia, no Costa Azul, em Salvador. A vencedora do ouro na categoria Microempreendedora Individual foi Vanieria Freitas Costa, da Açaí da Vani (Feira de Santana). Na categoria Pequenos Negócios, ficou em primeiro lugar Letícia de Souza Dourado, da Baby Dutra (Irecê). E, na categoria Produtora Rural, ocupou o lugar mais alto do pódio Kalinka Antônia Macedo da Silva, da Quinta do Morro Branco (Juazeiro). Elas concorrerão na próxima etapa, em âmbito regional.

A disputa reuniu ao todo 223 candidatas, dentre as quais 83 na categoria Microempreendedora Individual; 114 na Pequenos Negócios; e 26 na Produtora Rural. Dezenove empreendedoras foram selecionadas como finalistas. A comediante Elaine Santana abriu a noite com a apresentação de stand up comedy intitulada As Dores e Delícias de uma Mãe Empreendedora. O show teve como inspiração a árdua rotina de mulheres que conduzem as tarefas do lar e a criação dos filhos, ao mesmo tempo em que gerenciam seus negócios.

Jorge Khoury superintendente do Sebrae Bahia Foto Dario G. Neto

O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, parabenizou as finalistas e enalteceu a capacidade que as mulheres têm de realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo. “Eu sempre destaco como que as mulheres enfrentam muitos desafios para empreender. A mulher que empreende realiza uma ação dobrada e ver a participação cada ver maior de vocês nos negócios nos mostra que estamos no caminho certo, quando buscamos fomentar o empreendedorismo feminino”, afirmou.

A gestora do Programa Sebrae Delas na Bahia, Rosângela Gonçalves, enfatizou a relevância do encontro. “Hoje é uma noite de celebração do empreendedorismo feminino. O prêmio é uma iniciativa de reconhecimento de trajetórias bem sucedidas de negócios liderados por mulheres”, destaca. Segundo ela, são avaliadas não apenas histórias de resiliência e superação, mas também negócios que são bem geridos. “Hoje, o empreendedorismo feminino está em festa, porque estamos reconhecendo trajetórias talentosas de mulheres que inspiram outras mulheres”, avaliou.

Vencedoras prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2023 Foto Dario G. Neto

Antes da divulgação dos nomes das grandes vencedoras da noite, foi realizado o painel O futuro presente é feminino, mediado pela jornalista e mestre de cerimônia Cristiana Fernandes. Compuseram a conversa ganhadoras de outras edições da premiação: Maria de Fátima Freitas Paiva, da Cooperativa Repescar, em Vera Cruz, vencedora estadual que chegou à etapa nacional em 2016, conquistando o ouro na categoria Produtora Rural; Laís Alves Lima Freitas, adestradora de cães e gatos, com formação em psiquiatria veterinária, CEO da Pet Place, vencedora estadual e ouro finalista nacional, em 2022, na categoria Microempreendedora Individual; e Geórgia Nunes, CEO da Amora Brinquedos – empreendimento social especializado em educação antirracista -, vencedora do ouro na etapa estadual 2022, na categoria Pequenos Negócios.

Vencedoras

Uma feliz coincidência uniu as três empreendedoras que ficaram em primeiro lugar nas três categorias da premiação. Todas se inscreveram pela primeira vez na disputa e todas levaram os filhos para assistir à cerimônia.

Não imaginei que seria a primeira colocada. Às vezes a gente se subestima. Quando me chamaram como o primeiro lugar, eu quase não consegui levantar da cadeira. É satisfatório demais, porque a gente que tem foco, que trabalha pelo que quer, pelo sonho, vendo esse reconhecimento, não tem preço”, comemorou Vanieria Freitas Costa.

Letícia de Souza Dourado, da Baby Dutra (Irecê) destacou o talento das participantes. “Foram candidatas maravilhosas, lindas, poderosas, todas empreendedoras e possuem histórias incríveis. Ser escolhida como primeiro lugar dessa etapa estadual é um grande privilégio. Eu estou muito feliz e não esperava ser a vencedora na minha categoria. É muito gratificante esse reconhecimento. Estou há quatro anos no comércio e abri a terceira loja, com 1.200 m2, há dois meses, na mesma cidade, em Irecê. Agora eu vou chegar com o gás total depois desse prêmio”, afirmou.

Kalinka Antônia Macedo da Silva, da Quinta do Morro Branco (Juazeiro), ficou eufórica com a conquista. “É um privilégio enorme poder representar uma região tão rica, próspera, que dá muitas oportunidades, principalmente a mulheres. Eu fiquei muito surpresa ao ganhar esse prêmio. Vai valorizar bastante a nossa região e empolgar outras mulheres. O trabalho com uva é muito árduo e minucioso, muito feminino. A maioria das pessoas que trabalha na minha propriedade é de mulheres. Então, esse prêmio é para valorizar o trabalho da mulher”, frisou.

Confira a lista completa de premiadas

Categoria Microempreendedora Individual
Ouro – Vanieria Freitas Costa, da Açaí da Vani (Feira de Santana)
Prata – Ana Leire Mota Veloso Lippstein, da Acorata (Luís Eduardo Magalhães)
Bronze – Josenice Rosa Lima Carvalho, da Jô Lima Studio de Beleza (Salvador)

Categoria Pequenos Negócios
Ouro – Letícia de Souza Dourado, da Baby Dutra (Irecê)
Prata – Vivian Maiara Santana dos Santos, da Escola Comunica (Salvador)
Bronze – Eveline Conceição Santos, da Eva Sex Shop (Salvador)

Categoria Produtora Rural
Ouro – Kalinka Antônia Macedo da Silva, da Quinta do Morro Branco (Juazeiro)
Prata – Mirian Nogueira Aquino, da Mirian Laticínios (Itamaraju)
Bronze – Paula Silva Ferreira, da Orgânicos do Quintal (Barro Alto)