Vitória empata em casa com o ABC e se complica na Copa do Nordeste

0
169
Vitoria x ABC Nordestão 18022023 - Foto Pietro Carpi-ECV-2
Da Redação – Jota Jota - Foto: Pietro Carpi/ECV

Ainda não foi desta vez que o Vitória conseguiu seus primeiros 3 pontos dentro da Copa do Nordeste. Ao empatar com o ABC de Natal por 1 a 1, o time treinado por Léo Conde acabou por decepcionar os poucos mais de 3 mil torcedores que foram ao Barradão acreditando em um resultado positivo, e que não veio.

Richardson abriu o marcador para os visitantes e Osvaldo empatou para os donos da casa.

RESUMO DA PARTIDA

Foi um primeiro tempo de posse de bola do Rubro Negro, com poucas oportunidades criadas e perdidas, enquanto Lucas Arcanjo era medo espectador em campo. Zero a zero no primeiro tempo, mesmo a torcida empurrando o Leão da Barra.

Condé fez modificações no intervalo, que à princípio não surtiram efeito e aos 14 minutos o ABC abriu a cartilha, ou melhor o placar com gol de cabeça do zagueiro Richardson.

Daí por diante, com outras modificações, Léo Conde colocou o time para frente, enquanto o técnico Fernando Marchiori, postava seu time para garantir o resultado, mas aí veio o gol de empate do Leão da Barra, através de Oswaldo de cabeça escorando cruzamento de Eduardo decretando o empate.

Mesmo um tanto desordenado o Vitória partiu para cima tentando a virada, mas esta não veio, mesmo com a expulsão do atacante Felipe Garcia aos 43 minutos.

O Vitória em 4 jogos somou apenas 2 pontos e volta a campo na quinta-feira 23 contra o Náutico no Barradão, às 19 horas.

Ficha Técnica

Jogo: Vitória. 1 x 1 ABC

Quarta rodada da Copa do Nordeste

Data: 18/02.2023

Local: Estádio Barradão/ Salvador-BA

Árbitro: Denis Alves Serafim (AL)

Aux. 1: Esdras Mariano Lima Albuquerque (AL)

Aux. 2: Ruan Luiz de Barros Silva (AL)

Cartão vermelho: Felipe Garcia – ABC

Gols: Richardson (ABC) – Oswaldo (Vitória)

Vitória: Lucas Arcanjo; Raylan, Dankler, Camutanga (João Vitor) e Zeca (Lazaroni); Léo Gomes, Rodrigo Andrade, Diego Torres (Oswaldo) e Nicolas Drible (Wellington Nem); Léo Gamalho e Thiago Gomes (Eduardo). Tec: Léo Condé

ABC: Simão; Alemão, Richardson (Walber), Afonso e Márcio Azevedo (D. Vançan); Wellington Reis (Jean Patric), Gustavo Hebring, Raphael Luz (Mocelin) e Fábio Lima; Felipe Garcia Maycon Douglas (Rafael Silva). Tec: Fernando Marchiori.