Fonte “O Livro das datas do futebol” de Rodolfo M. Rodrigues

1939 – Nasce o ex-meia Mengálvio, em Laguna (SC), campeão da Copa do Mundo de 1962, como reserva, pela Seleção Brasileira. Mengálvio foi campeão paulista, do Torneio Rio-São Paulo, da Taça Brasil, da Libertadores e do Mundial Interclubes pelo Santos nos anos 60.

1985 – Na decisão do Campeonato Carioca, o Fluminense vence o Bangu por 2 x 1 e torna-se tricampeão estadual. A partida ficou marcada pelo ato duvidoso do juiz José Roberto Wright, que encerrou o jogo no momento em que o atacante Claudio Adão, do Bangu, sofria um pênalti.

1989 – O Milan, da Itália, vence o Atlético Nacional, da Colômbia, por 1 x 0 e conquista o Mundial Interclubes em Tóquio (Japão). Evani faz o gol do título para os italianos.

1995 – O Botafogo empata por 1 x 1 com o Santos, no Pacaembu, e vence o Campeonato Brasileiro. No final da partida, a equipe santista protesta contra a arbitragem de Márcio Rezende de Freitas, que anula um gol legítimo do Santos e valida o do botafoguense Túlio, em posição irregular.

1997 – O Atlético-MG empata por 1 x 1 com o Lanús, da Argentina, e torna-se bicampeão da Copa Conmebol. O jogo foi realizado no Mineirão, em Belo Horizonte. Jorginho faz o gol do Galo, que venceu a primeira partida, em Lanús, por 4 x 1.

2001 – O português Figo, do Real Madrid, da Espanha, é eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo em 2001. Ele vence a disputa contra o espanhol Raúl e o inglês David Beckham.

2002 – Ronaldo é eleito, pela terceira vez, o melhor jogador do ano pela Fifa. Artilheiro da Copa do Mundo da Coréia do Sul/Japão, Ronaldo há havia conquistado o prêmio em 1996 e 1997.