Fonte “O Livro das datas do futebol” de Rodolfo M. Rodrigues

1938 – Em Paris, a Itália ganha da Hungria por 4 x 2 e torna-se bicampeã da Copa do Mundo. No mesmo dia, o Brasil vence a Suécia por 4 x 2 e fica com o terceiro lugar.

1952 – Na final do Torneio Rio-São Paulo, Portuguesa e Vasco empatam em 2 x 2, no Maracanã. Com o resultado, a Portuguesa, que vencera o primeiro jogo por 4 x 2, em São Paulo, ficou com o título.

1958 – Pelé marca o seu primeiro gol numa Copa do Mundo e dá a vitória ao Brasil contra o País de Gales, nas quartas-de-final, em Gotemburgo (Suécia). Com 17 anos e 239 dias, Pelé torna-se o jogador mais novo a marcar gols em Copas do Mundo.

1960 – O Peñarol empata com o Olimpia por 1 x 1, no Paraguai, e torna-se campeão da primeira Taça Libertadores da América. O time uruguaio havia vencido o jogo de ida por 1 x 0, em Montividéu.

1965 – Nasce o ex-zagueiro Ronaldão, em São Paulo (SP), campeão da Copa do Mundo de 1994 como reserva. Ronaldo Rodrigues de Jesus foi campeão brasileiro (1986 e 1991), da Libertadores e do Mundial Interclubes (1992 e 1993) pelo São Paulo; carioca (1996), pelo Flamengo; e do Torneio Rio-São Paulo (1997), pelo Santos.

1970 – Nasce o lateral-direito Cafu, em São Paulo (SP). Marcos Evangelista de Moraes é o recordista de jogos pela Seleção Brasileira e campeão da Copa do Mundo em 1994 e 2002, na última como capitão. É o único jogador da história a disputar três finais de Copas do Mundo.

1973 – Pelé marca seu único gol olímpico na carreira, na vitória do Santos, por 4 x 0, sobre o Baltimore, dos Estados Unidos. Na partida, com a contusão do goleiro Claudio, Pelé vai para o gol.

1979 – Nasce o volante Kleberson, um Uraí (PR), campeão da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira. Revelado pelo Atlético-PR, foi campeão brasileiro em 2001 e vendido ao Manchester United, da Inglaterra, em 2003.

1983 – Na final do Mundial de Juniores, no Estádio Azteca, na cidade do México, 110 mil pessoas assistem a vitória do Brasil sobre a Argentina por 1 x 0. O recorde de público num jogo Sub-20 aconteceu justamente nesse primeiro título do Brasil na categoria.

1996 – De virada, o Cruzeiro bate o Palmeiras por 2 x 1, no Parque Antarctica, e fatura o bi da Copa do Brasil. Luizão marca o primeiro gol do jogo e Roberto Gaúcho empata. Marcelo Ramos, aos 37 do segundo tempo, marca o gol do título.