Crédito: Gazeta Esportiva

O São Paulo oficializou a contratação de Pablo nesta quarta-feira. O atacante, artilheiro do Atlético-PR nesta temporada, custou 6 milhões de euros aos cofres tricolores, o equivalente a R$ 26,5 milhões. Esse valor é referente a 70% dos seus direitos econômicos – os outros 30% permanecem com o Furacão em caso de uma venda futura. O clube do Morumbi pode gastar mais 1 milhão de euros, caso o jogador de 26 anos atinja metas estabelecidas no contrato válido até o fim de 2022.

O São Paulo concorria principalmente com o Flamengo pela contratação de Pablo. O Atlético-PR, porém, recusou a oferta feita pela gestão do novo presidente do clube carioca, Rodolfo Landim.

Depois da excelente temporada, Pablo também foi especulado no futebol europeu e japonês, mas sua vontade foi mesmo de permanecer no Brasil. Além de sua esposa estar grávida, o jogador também planeja ficar mais próximo de seu pai, que enfrentou sérios problemas de saúde em 2018.

O diretor-executivo de futebol do São Paulo, Raí, foi decisivo na negociação. Antes do primeiro duelo contra o Junior Barranquilla-COL, pela final da Copa Sul-Americana, o dirigente foi até Curitiba para conversar com pessoas próximas ao jogador e iniciar as tratativas.

Titular com Fernando Diniz e, posteriormente, com Tiago Nunes, Pablo terminou o ano como artilheiro da Copa Sul-Americana, torneio conquistado pelo Atlético-PR. Com o gol no jogo de volta da grande final, ele chegou a cinco e igualou Benedetti, do América de Cali.

Revelado no Atlético-PR, Pablo passou pelo Figueirense. De lá, saiu para jogar no time B do Real Madrid, mas não vingou e retornou ao time catarinense. Em 2015, atuou no Cerezo Osaka, do Japão. No ano seguinte, foi recontratado pelo time que o fez surgir para o futebol. Agora, terá a missão de ajudar o São Paulo a acabar com a seca de títulos.

Até o momento, além de Pablo, o São Paulo anunciou as chegadas do lateral direito Igor Vinícius e do lateral esquerdo Léo Pelé. Há tratativas pela contratação de um volante, que seria Willian Arão, e de um meia.