No sexto confronto na história, Carcará vence o Cancão e mantém freguesia

Por Carlos Humberto – texto

Jogando no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro-PE, nesta quinta-feira 10, a Juazeirense voltou a perder para o time pernambucano, mantendo o tabu existente entre as equipes nos seis jogos disputados até agora. O placar final, 1 a 0, foi construído na segunda etapa, através do atacante Tarcísio, aos 13 minutos.

Nessa fase final de preparação para o campeonato baiano, o técnico Aroldo Moreira aproveitou para colocar em campo jogadores recém contratados, dentro da reformulação anunciada pela diretoria do Cancão de Fogo. Dos 16 nomes que participaram da partida, apenas Emílio, Marquinhos, Patrik e Eduardo são remanescentes da última temporada.

A Juazeirense volta a campo no próximo domingo 13, quando enfrenta o Petrolina em mais um amistoso preparatório. No dia 20, estreia no estadual contra o Atlético de Alagoinhas. Os dois jogos serão realizados no Adauto Moraes. Já o Salgueiro, visita o Confiança no dia 17 pela Copa do Nordeste.

Nos confrontos anteriores, todos realizados em 2018, o Carcará levou a melhor sobre o Cancão. O primeiro duelo aconteceu em 12 de janeiro no Adauto Moraes, em amistoso preparatório para a temporada daquele ano, e o placar não foi movimentado.

Em abril, na seletiva para a Copa do Nordeste, aconteceram dois confrontos: o primeiro, em 18 de abril, houve empate em 1 a 1 no Adautão, com gols de William Lira, para o Salgueiro, e Jussimar, para a Juazeirense. No jogo de volta, no Cornélio de Barros, o Salgueiro venceu por 2 a 1, eliminando a chance da Juazeirense disputar a Copa do Nordeste. William Lira marcou duas vezes e Toni Galego descontou.

Um novo jogo aconteceu em 26 de maio, pela Série C, e o Salgueiro venceu por 1 a 0, gol do carrasco William Lira, hoje atuando no futebol da Macedônia. O jogo foi realizado na cidade pernambucana. Na partida de volta, no Adauto Moraes, aconteceu o empate em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

Salgueiro 1 x 0 Juazeirense

Gol: Tarcísio (SAC), aos 13’ do 2º tempo

Juazeirense: Douglas Pires, Ewerton (Fieta), Emílio, Nildo e William Santos (Marquinhos); Maicon, João Victor (Jean Carlos), Patrik e Bismarck (Eduardo); Jacó e Hugo (Patrick Belo). Técnico: Aroldo Moreira