Amistoso acontece neste domingo às 16 horas. Ingresso custa R$ 10

Por Carlos Humberto – texto e fotos

O técnico Aroldo Moreira encerrou neste sábado 12 a preparação da equipe para o amistoso contra o Petrolina neste domingo 13 no Adauto Moraes. Apenas o meia João Victor, que se machucou na partida contra o Salgueiro no meio da semana, e o goleiro Douglas Pires, com dores estomacais, não participaram da atividade.

Com o volante Mika e o meia-atacante Kattê integrados ao elenco, Aroldo ganha mais opções para observar os jogadores disponíveis dentro da mais profunda reformulação implantada no time nos últimos anos, e não será surpresa de os dois começarem a partida entre os titulares.

Antes da estreia no Campeonato Baiano, a diretoria pretende anunciar a chegada de, pelo menos, quatro jogadores: um zagueiro, um lateral esquerdo, um meia e um atacante, fechando o elenco em 25 profissionais, número considerado ideal pelo treinador Aroldo Moreira.

No Petrolina, o técnico Lima conta com a liderança do experiente meia Fernandinho, 27 anos, revelado no Náutico, para comandar a equipe na volta à primeira divisão do futebol pernambucano. A Fera Sertaneja encerrou sua pré-temporada na cidade de Santa Maria da Boa Vista e no último final de semana, venceu a seleção local por 2 a 1.

As duas equipes estreiam na temporada no dia 20. Enquanto a Juazeirense recebe no Adauto Moraes o Atlético de Alagoinhas, a Fera Sertaneja visita o Afogados pelo Pernambucano. Os dois jogos estão marcados para as 16 horas.

O técnico Aroldo Moreira relacionou 22 jogadores, mas não escalou o time que começa a partida contra o Petrolina. Entre os relacionados, é provável que o atacante Nino Guerreiro seja escalado e os recém-chegados Kattê e Mika façam suas estreias com a camisa da Juazeirense.

Confira a relação:

Goleiros: Dejair e Bruno

Laterais: Fieta, William Santos, Marquinhos e Ewerton

Zagueiros: Lucas Yan, Emílio, Nildo e Gabriel

Volantes: Maicon, Jeferson Pelé, Patrik Kaway e Mika

Meias: Bismarck, Kattê, Eduardo e Jean Carlos

Atacantes: Jacó, Nino, Hugo e Patrick Belo