Vai jogar sem responsabilidade

Por não ter mais chances de conseguir chegar ao G-4 para as semifinais do campeonato baiano, e também ter se livrado do risco de rebaixamento, a Juazeirense recebe no domingo, o líder do da competição, vai jogar contra o Bahia de Feira.

Os comandados de Carlos Rabello, tem apenas a obrigação de serem profissionais, atuando de forma a não prejudicarem os oito clubes que buscam chegar à próxima fase. Um jogo para que o treinador faça novas experiências, além de ir arrumando seu time para a série D, que está chegando aí.

Com um início de competição sofrível, a Juazeirense não passou nem perto do time que conseguiu ser a terceira força do futebol baiano. A goleada para o Bahia, e outros resultados ruins, foram determinantes para a fraca performance do Cancão de Fogo. O time só reagiu depois da chegada de Carlos Rabello, que conseguiu ganhar sete pontos, dos nove que disputou em casa, e que deu a gordura necessária, para deixar o rebaixamento para trás.

Mesmo sem poder chegar ao céu, e livre do inferno, não pensem os comandados de Barbosinha, que o jogo será fácil, o torcedor vai ver um bom jogo sim, um time que quer ser bicampeão, e manter-se com vantagem nas semifinais, e um que vem se reabilitando em campo, e perante ao seu torcedor, dois times que representarão a Bahia na série D do brasileiro.

Por ser a última rodada, e com quase todos os jogos definindo posições, todos serão no mesmo horário, todos com horário previsto para as 16 horas, salve a malandragem brasileira, da demora nos vestiários e ou coisa parecida. É ficar de olho nos acontecimentos.

#PRONTOFALEI.