Sai Marcelo Chamusca chega Claudio Tencati

Desta vez, não sei se acertando ou dando um outro tiro no pé, a direção do Vitoria agiu rapidamente, demitiu o treinador Marcelo Chamusca na tarde de segunda-feira 18, e na mesma noite, anunciara a contratação de Claudio Tencati, ex comandante do Londrina, e que no ano passado, comandou o Atlético Goianiense.

Tencati tem em seu currículo as mesmas qualificações que Chamusca tem, embora em menor escala; treinou o Londrina por sete anos, e levou da série D, até alcançar a B, e por muito pouco, não levou o time cafeeiro à elite do futebol.

Não acredito, que com o elenco que o Vitoria tem, o Carlos Tencati, não vai conseguir muita coisa não, a não ser que ele traga na cartola, um daqueles coelhos que ajudam os mágicos, caso contrário o sofrimento vai permanecer dentro dos muros do Barradão. Embora seja inteligente, esperar o trabalho do professor, de repente, ele vai conseguir transformar, a água em vinho de uma bela safra.

O desespero lá pelos lados de Cana Brava, é tão grande, qualquer que seja a luz, a mesma é reconhecida como estando no fim do túnel, nada que se pense, vem dando certo no rubro negro, é preciso que aconteça uma reviravolta descomunal, caso contrário, apenas uma velha e imprescindível, INTERVENÇÃO, vai dar jeito na situação. A AGE marcada para o dia 31, pode sim evitar esta ação judicial, caso os conselheiros tenham vontade de mudar o que aí está.

É preciso no entanto, estagnar as ações, daqueles conselheiros eleitos pela Chapa do Torcedor, que nada fizeram em sua gestão, e que agora com uma nova minuta estatutária, pretendem tumultuar a AGE, e desfazer de uma forma, ou de outra, o acordo de cavalheiros, formados entre os atuais dirigentes, conselheiros estes, que aprovaram o estatuto em vigência, ou seja, querem mesmo meter os pés pelas mãos, e continuarem a extinção do E.C. Vitoria.

Agora, para se dirigir o Vitoria, será preciso muito amor, e bala na agulha, para enfrentar um DINOSSAURO por dia.

#PRONTOFALEI.