Texto: Maria Akemi – Foto: JC Imagem

A partir de 2020 as finais do Campeonato Pernambucano acontecerão na Arena de Pernambuco. Foi o que sinalizou o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF-PE), Evandro Carvalho em entrevista nessa segunda-feira (15).

Para o gestor do esporte no estado, não é possível realizar partidas nos demais estádios de Pernambuco por questões logísticas. “A partir do próximo ano todas as finais, para o resto da vida, serão na Arena. Eu vou colocar (no regulamento). Do contrário não tem mais. Para se conseguir fazer esse jogo (nos Aflitos) foi um inferno. Confusão de todo jeito, travou o bairro e com público de 14 mil pessoas. Esse jogo no Sport domingo vai ser um caos dentro da falta de mobilidade e na questão de segurança. Jogo grande, passou de 10 mil, 12 mil, 15 mil pessoas tem que ser na Arena”, disse ao Superesportes.

A decisão, no entanto, foi tomada sem consultar as equipes. “Eles não têm que ser contra. Eu vou colocar (no regulamento). A gente tem que acabar com esse amadorismo. Não tem sentido. Na hora que os clubes têm a chance de fazer receita, dar qualidade ao espetáculo e conforto ao torcedor, os clubes ficam com essa bobagem porque a torcida vai ficar com raiva. Tem que acabar com isso e ser profissional”, destacou.

De acordo com Carvalho, um dos motivos da não utilização do VAR é que esse tipo de sistema apenas pode ser implantado em arenas. Vale lembrar que o gol da vitória do Sport ontem (14) foi irregular.