Ascom Sudesb

Tudo pronto para a maior subida de mountain bike do Brasil. Mais de 1,5 mil ciclistas de todo o país estarão reunidos no município de Santa Teresinha, distante 200 km de Salvador, para a 5ª edição do Suba 100. A prova terá início já neste final de semana e ocorre entre os dias 26 e 28 de abril.

A prova, do tipo maratona, é dividida em duas etapas, de 66 km e 100 km. A primeira começa no sábado (27), com saída programada para as 8h, da Praça da Bandeira, onde os atletas subirão a Serra dos Neves e Serra da Jibóia, descendo pelo “Rock Garden” da região da Barragem da Casa Forte.

No domingo (28), os ciclistas percorrerão 100 quilômetros de pedalada e 1.300 metros de subida.  Os atletas passarão por cenários naturais da região, como as Serras do Boqueirão, passando pelo distrito de Rio Seco e seguindo para região dos inselbergs (relevos residuais que tendem a ficar salientes em uma planície, em lugar árido ou semiárido) de Itatim, sendo os mais conhecidos o Morro da Ponta Aguda, Morro da Toca, o Morro Malhado e o Enxadão.

Organizada pela Federação Baiana de Ciclismo (FBC), o Suba 100 tem o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Renda e Esporte (Setre), que investiu R$ 155 mil para aquisição de material promocional e camisas dos atletas.

Para o presidente da FBC, Orlando Schmidt, a competição exige dos ciclistas muito fôlego para superar as subidas do circuito. “O grande desafio da competição é trazer ao atleta a adrenalina e a dificuldade em uma subida de 2.800m na Serra da Jibóia e na Rampa de Voo Livre do Boqueirão”, disse.