Com ginásio lotado, Brasil dá aula no bloqueio, atropela a Rússia e se recupera na Liga das Nações

Após derrota para a República Dominicana, seleção feminina responde com atuação consistente e vitória por 3 sets a 0 sobre as russas, diante de quase 10 mil pessoas em Brasília

Foi uma festa bonita no Ginásio Nilson Nelson, no Distrito Federal. Com arquibancadas lotadas, a seleção brasileira feminina respondeu bem em quadra, teve atuação consistente e dominou a Rússia nesta quinta-feira, no encerramento da etapa de Brasília da Liga das Nações: vitória com autoridade por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/17 e 25/14.

Após derrota para a República Dominicana na quarta-feira, o time de José Roberto Guimarães mostrou evolução em todos os fundamentos diante da jovem equipe russa. Destaques para Paula Borgo, com 17 pontos, e o paredão liderado por Mara: foram 14 pontos de bloqueio da seleção brasileira na partida, para a festa dos quase 10 mil torcedores.

Com o resultado, o Brasil fecha a primeira etapa da Liga das Nações com duas vitórias e uma derrota. O time embarca já nesta sexta-feira para a Holanda, onde enfrenta na próxima semana as donas da casa, a Polônia e a Bulgária pela segunda etapa da fase de classificação.

Matéria completa no Globo Esporte