Fonte “O Livro das datas do futebol” de Rodolfo M. Rodrigues

1919 – Com um gol de Friedenreich, a Seleção Brasileira vence o Uruguai por 1 x 0 e fica pela primeira vez com o título do Campeonato Sul-Americano de Seleções (hoje chamado de Copa América). O gol do título só saiu aos 122 minutos, na terceira prorrogação de 15 minutos da partida.

1927 – O Botafogo vence o Flamengo por 9 x 2, pelo Campeonato Carioca, e registra a maior goleada sobre o rival em todos os tempos.

1955 – A Portuguesa vence o Palmeiras por 4 x 2, no jogo-desempate, e conquista o título do Torneio Rio-São Paulo. O jogo do segundo título da Portuguesa no torneio foi realizado no Pacaembu.

1960 – A Seleção Brasileira vence a Argentina por 4 x 1, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, e conquista a Copa Roca. Delém (2), Julinho e Servilho marcaram para o Brasil.

1983 – O Flamengo é tricampeão brasileiro ao vencer o Santos por 3 x 0, com gols de Zico, Leandro e Adílio. O público no Maracanã, 155 523 pessoas, é o maior da história do Campeonato Brasileiro.

1985 – Antes da final entre Juventus, da Itália, e Liverpool, da Inglaterra, pela Copa dos Campeões da Europa, os hooligans (torcedores ingleses) iniciam uma briga contra os italianos e causam a morte de 38 torcedores no Estádio Heysel, em Bruxelas (Bélgica).

1993 – O São Paulo conquista o bicampeonato da Libertadores, mesmo perdendo por 2 x 0 para o Universidad Católica, em Santiago (Chile). Na primeira partida, o Tricolor havia vencido por 5 x 1, no Morumbi.

2002 – Dois dias antes do início da Copa do Mundo, o presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, é reeleito ao vencer a eleição contra o camaronês Issa Hayatou.