Prefeitura de Juazeiro homenageia João Gilberto com aula-show ‘Bossa Nova Para o Futuro’

Por Ramáiana Leal/SECULTE

No dia 10 de junho de 1931 nascia em Juazeiro, na Bahia, o criador da Bossa Nova, João Gilberto. Para homenageá-lo, a Prefeitura Municipal de Juazeiro – através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes – organizou na manhã desta segunda-feira, uma aula-show ‘João e a Juventude: Bossa Nova para o Futuro’, na Orla II. Estudantes de escolas públicas municipais participaram do evento.

Os músicos Edésio César, Marcos Brasil, Soneca Martins e Nandinho formaram uma banda e acompanharam o cantor, compositor e superintendente de Cultura e Turismo Maurício Dias em músicas e histórias sobre João Gilberto e a Bossa Nova. “A ideia da gestão do prefeito Paulo Bonfim é celebrar os 88 anos de João Gilberto fazendo Bossa Nova para crianças, para gerações futuras, com músicos geniais da nossa terra, mostrando a essência da Bossa Nova. Juazeiro é a terra de grandes estrelas, mas João Gilberto é o pai da música brasileira no mundo”, disse Maurício.

A estudante Sâmile Ellen Lima não conhecia João Gilberto, mas participou do evento e aprovou. “Eu estou gostando, porque me deram a oportunidade de conhecer a história de João Gilberto e eu achei muito interessante. Juazeiro é conhecida no mundo por causa desse homem e gostei também das músicas que eles tocaram. Acho que a gente poderia ter mais momentos como esse”, afirma.

Para o músico e produtor cultural Celso de Carvalho, “é um acerto trabalhar a Bossa Nova para as futuras gerações, pois a Bossa para Juazeiro será sempre um patrimônio da cidade. Talvez a nossa geração não tenha compreendido e é uma esperança saber que podemos trabalhar essa riqueza para novas gerações. A vontade de quem ama e conhece a história de João é de dar um abraço nele por tudo que ele é e pela grandeza do ser humano que ele é. Vida longa para ele”.

O gestor da SECULTE, Sérgio Fernandes fez questão de parabenizar o gênio da Bossa Nova e agradecer a todos que participaram do evento. “Mais do que justo nesse dia em que nasceu o Papa da Bossa, cidadão juazeirense João Gilberto, realizarmos um momento como esse. Homenagear João Gilberto e passar às futuras gerações o seu legado é obrigação nossa que fazemos a cultura da cidade. João é patrimônio cultural de Juazeiro, do mundo. Agradecemos a todos que participaram conosco e ao prefeito Paulo Bomfim pela oportunidade.”, ressalta Sérgio.