Texto: Maria Akemi
Ana Marcela Cunha, Marta e Carol Baiana, campeãs na vida e no esporte

Hoje o dia é delas. 8 de março historicamente é um dia de lutas, cravado na história da humanidade. Para nós, mulheres, é uma data de celebração das muitas conquistas obtidas por nós.

Quando falamos no esporte, elas são ainda mais emblemáticas. Quem imaginaria uma mulher atuando na arbitragem? Ou uma mulher jogando futebol profissionalmente? Ter uma mulher gerenciando um clube de futebol?

Aos poucos as barreiras são quebradas, os espaços vão sendo ocupados. Temos muito a conquistar, claro que sim. Respeito, mais espaço no mercado de trabalho, mais espaço no esporte…

A luta continua, a caminhada não tem fim. Seguimos, paulatinamente ou a passos largos subimos os degraus e não vamos parar. Parabéns, mulheres. Vamos em frente!