Falôôô... A opinião de Jota Jota

Começo de temporada, onde as desculpas são bem maiores do que as performances dos times, a dupla BA VI parece até ter combinado, atuarem em dois jogos que não agradaram aos seus torcedores, igualando até no resultado de empate por 1 a 1, com adversários das Alagoas, o Vitoria jogou em Maceió contra o CSA, e o Bahia em casa, contra o CRB, os times das letrinhas, não permitiram triunfos dos baianos.

E, como sempre, as entrevistas coletivas, que falaram sobre os dois jogos, foram as mesmas ditas de 2000 à 2018, as emissoras, poderiam soltar as gravações dos estúdios, sem a necessidade do tradicional “AO VIVO”, as respostas e justificativas, são sempre as mesmas, culminando com a falta de tempo para preparação.

Por este motivo, é que não analiso os times, antes que os mesmos façam, pelo menos cinco jogos, quando se começa o entrosamento, este é o atleta mais difícil de ser contratado, tem clube que passa o ano inteiro, e não consegue. Os dois jogos, foram mornos, sem muitas emoções, e com jogadores errando muito, o que importou mesmo, foram os resultados, para quem atuou fora de seus domínios, caso de Vitoria e CRB, Bahia e CSA, tiveram prejuízo de 2 pontos, não fizeram o dever de casa.

Mas, falando da dupla baiana, o rubro negro jogou com o seu time sub 23, que acabou não fazendo feio, conseguiu um pontinho, mas mostrou deficiências, que precisarão serem bem observadas por Burse, e também por Chamusca, já o Bahia, jogou com o que tem de melhor, colocou em campo seus novos contratados, e a base que permaneceu no Fazendão, então o resultado, pode sim ser considerado bem ruim, e não agradou aos mais de 19 mil torcedores que estiveram na Arena.

Agora, é preciso ressaltar a presença do torcedor do Bahia, a mesma compareceu em massa, e prestigiou o seu time, mesmo deixando o estádio descontente, mas apoio não faltou. Agora os dois times, viram a chave de competições, e vão começar a sua caminhada no certame baiano. E como todos sabem, o ano esportivo está apenas começando. Então a dupla segue o dito popular, “A CORDA E A CAÇAMBA”.

#PRONTOFALEI.