Da Redação

Diante de um público recorde de 67.173 em Wembley, a Itália venceu a Inglaterra, nos pênaltis, e conquistou o título da 16ª edição da Eurocopa neste domingo (11).

Após empate em 1 a 1 no tempo normal, a decisão foi para a prorrogação, que terminou 0 a 0. Na cobrança das penalidades, o goleiro Donnarumma brilhou defendendo três cobranças que garantiram o bicampeonato da Seleção Italiana.

O time inglês, que buscava o primeiro título do torneio, saiu na frente com apenas dois minutos de bola rolando, em chute do lateral Shaw, mas cedeu campo para o adversário, ao recuar suas linhas e sofreu o empate no segundo tempo, através do zagueiro Bonucci, aos 67 minutos.

Vindos de duas prorrogações, as duas equipes sentiram cansaço e salvo estocadas esporádicas, as oportunidades se tornaram raras até o final da prorrogação.

Na cobrança dos pênaltis, os dois goleiros fizeram sua parte. Pickford, da Inglaterra, defendeu duas cobranças, e Donnarumma, da Itália, defendeu três, definindo o resultado em 3 a 2 para a Azurra.