Associativismo no campo foi tema de capacitação do Circuito Agro no Norte da Bahia

0
234

Associativismo no campo foi tema de capacitação do Circuito Agro no Norte da Bahia

Ação atendeu produtores rurais da agricultura familiar da Associação dos Quilombolas do Sítio Lagoinha de Casa Nova

Por Carlos Humberto

Como parte do programa Circuito Agro, o Sebrae levou a 35 produtores rurais da agricultura familiar da Associação dos Quilombolas do Sítio Lagoinha, no município de Casa Nova, no Norte da Bahia, palestra de capacitação com o tema Associativismo no Campo. O evento gratuito foi realizado em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Casa Nova, no dia 13.

O tema foi ministrado pela consultora Ana Célia Carvalhal, graduada em psicologia com especialização na área organizacional. Ela abordou tópicos sobre a origem, princípios e valores do associativismo, enfatizando os benefícios, além de explicar as semelhanças e distinções entre associações e cooperativas.

Para Edlan Amaral, analista e gestor do programa na região, o Sebrae aposta no associativismo para facilitar o desenvolvimento da agricultura familiar. Na sua opinião, o trabalho associado permite a redução de custos, facilita a obtenção de apoios institucionais e auxilia no aumento da produtividade ou maior eficiência no empreendimento.

Amaral acredita que “com a abrangência territorial alcançada pelo Circuito Agro, e com um acompanhamento mais próximo das entidades rurais, percebemos uma importante carência das comunidades na temática do associativismo. Em um contexto que impulsiona cada vez mais o individualismo, falar da importância da união, cooperação, confiança e do trabalho em equipe não é das mais fáceis tarefas. O Sebrae em Juazeiro, portanto, por meio da ação, objetiva mostrar aos produtores que é possível obter bons retornos trabalhando sozinho. Porém, por meio da compreensão do que é o associativismo, pode-se chegar ainda mais longe”, finaliza.