DA REDAÇÃO – por Carlos Humberto

Na tarde deste domingo, no Estádio Antônio Carneiro, Atlético e Bahia de Feira empataram em 2 a 2 na primeira partida da decisão do Campeonato Baiano 2021. Jarbas e Adriano Ferreira marcaram os gols do tricolor de Feira de Santana e Ronan, duas vezes, foi o artilheiro do Carcará.

Após um primeiro tempo disputado no meio de campo, as duas equipes, em busca da vitória, reservaram para a etapa final os mais belos momentos dos grandes jogos da atual temporada.

Por duas vezes o time visitante esteve à frente do placar, mas o Carcará reagiu e, em grande atuação do meia Ronan, evitou a derrota do time da casa, levando mais emoções para a partida decisiva marcada para o próximo domingo na Arena Cajueiro.

Na contagem dos gols, Jarbas fez 1 a 0 para o Bahia de Feira, quando eram decorridos 31 minutos do segundo tempo, e Ronan, cobrando pênalti deixou tudo igual aos 41. As mais fortes emoções, no entanto, estavam reservadas para os 12 minutos do tempo de acréscimo dado pelo árbitro Emerson Ricardo de Almeida. Aos 56, Adriano subiu mais que a defesa e colocou o Bahia mais uma vez à frente do marcador e, quando a torcida feirense já comemorava o triunfo, eis que aparece mais uma vez Ronan que, em jogada individual, se livrou dos marcadores e acertou o ângulo do goleiro Jean, dando números definitivos ao grande jogo.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, na Arena Cajueiro, quando será conhecido o campeão da temporada.

FICHA TÉCNICA
Atlético de Alagoinhas 2×2 Bahia de Feira
Campeonato Baiano – Final – 1º jogo
Local: Carneirão, em Alagoinhas
Data: 16 de maio de 2021, domingo
Horário: 16 horas
Arbitragem: Emerson Ricardo de Almeida Andrade, Elicarlos Franco de Oliveira e Paulo de Tarso Bregalda Gussen
Gols: Jarbas (BAF), aos 31; Ronan (ATL), aos 41; Adriano (BAF), aos 56; Ronan (ATL), aos 57 do 2º tempo

Atlético de Alagoinhas: Fabio Lima; Edson, Iran, Bremer e Radar (Felipinho); Gilmar, Kaefer, Dionísio (Jerry) e Miller (Robert); Vitinho (Emerson) e Ronan. Técnico: Sérgio Araújo.

Bahia de Feira: Jean; Ricardo (Adriano), Wesley, Hebert e Cazumbá; Victor Salvador (Hércules), Jarbas, Diones e Bruninho (Tico); Thiaguinho e Deon (Pelé). Técnico: Oliveira Canindé.