Da Redação – Jota Jota - Foto: Ascom/PMJ

Salvador (BA) – A corrida desenfreada de consumidores aos supermercados, estocando comidas sem a devida necessidade, fez com que a procura se tornasse maior que a oferta, o que fez os preços se elevarem desordenadamente, sem que haja um controle pelos órgãos fiscalizadores. Os mais atingidos foram os produtos da chamada cesta básica: arroz, feijão, macarrão, óleo e outros, além do leite e ovos. As desculpas são sempre as mesmas e o consumidor acaba tendo que pagar mais por uma menor quantidade de sacolas que leva para casa.

A Defesa do Consumidor pede aos consumidores que denunciem, liguem para o órgão, e informem as empresas que estão com preços abusivos. Mas fica a pergunta…

Vão resolver?