Por Carlos Humberto - Foto: Felipe Santana/ECBahia
Bahia x Fortaleza: jogadores comemoram gol de Rodriguinho (foto Felipe Santana ECBahia)

Com três gols de Rodriguinho e um de Rossi, o Bahia atropelou o Fortaleza em plena Arena Castelão por 4 a 0, e alicerça o caminho para assegurar a permanência na Série A do futebol nacional, sem depender de outros resultados. Para alcançar esse objetivo, precisa apenas vencer o Santos na última partida da competição, marcada para quinta-feira (25), na Arena Fonte Nova.

Na noite deste sábado (20), a dupla Nino Paraíba e Rodriguinho estava afinada e em dois passes do lateral, o meia marcou de cabeça. Cobrando pênalti, Rodriguinho fez o terceiro e Rossi, também de pênalti fez o quarto gol da goleada do Esquadrão que agora chega aos 41 pontos, na 15ª posição, a mesma pontuação do Tricolor do Pici, no 16 lugar, quatro a mais que o Vasco, o primeiro dentro da zona de rebaixamento com 37 pontos.

Além da conquista dos três pontos e dos efeitos que o resultado poderá produzir nos envolvidos na luta para não cair, a vitória do Bahia quebrou uma sequência de dez jogos sem vencer como visitante, incluídos os jogos realizados pela Copa Sul-Americana.

Anote aí

A título de curiosidade, o Fortaleza já foi rebaixado para a Série B quatro vezes (1983, 1993, 2003 e 2006) e duas para a Série C (1994 e 2009). O Bahia, caiu três vezes para a Série B (1997, 2003 e 2014) e uma para a Série C (2005).

Segue a tabela

Na próxima quinta-feira (25), acontece a última rodada do campeonato brasileiro, quando os jogos serão realizados no mesmo horário, às 21h30. O Bahia recebe o Santos na Arena Fonte Nova e o Fortaleza visita o Fluminense no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 0x4 Bahia

Campeonato Brasileiro Séria A – 37ª Rodada

Data: 20 de fevereiro de 2021, sábado

Horário: 21 horas

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira, Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (todos de SP)

Gols: Rodriguinho (BAH), aos 6min do 1º tempo. Rodriguinho (BAH), aos 16min; Rodriguinho (BAH), aos 20min; Rossi (BAH), aos 34min do 2º tempo

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias (Tinga), Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe e Luiz Henrique (Mariano Vasquez); Romarinho (Osvaldo), Wellington Paulista (Ronald) e David (Bergson). Técnico: Enderson Moreira

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Ronaldo, Patrick e Gregore; Rossi (Thiago), Gilberto (Gabriel Novaes) (Daniel) e Rodriguinho (Juninho Capixaba). Técnico: Dado Cavalcanti

Cartão vermelho: Felipe (FOR)