Bahia encerra jejum e vence o até então invicto Palmeiras por 1 a 0

0
199

Por Jota Jota – Fotos: Felipe Oliveira/ECB

Jogando na Arena Fonte Nova contra a Sociedade Esportiva Palmeiras, o Bahia quebrou o tabu de não vencer a equipe paulista em casa a 35 anos, e ainda derrubou o Verdão que estava invicto no Brasileirão-Rei. O placar de 1 a 0 foi construído pelo meia Thaciano no segundo tempo.

Com bastante desfalques as duas equipes fizeram uma partida que agradou as pouco mais de 30 mil pagantes que estiveram na Arena Fonte Nova. O primeiro tempo ficou mesmo no 0 a 0, com poucas chances perdidas pelos ataques, com o jogo se desenvolvendo mais no setor de criação. Apenas um lance mais agudo, quando o goleiro Marcos Felipe do Bahia falhou e por pouco não toma o gol, mas se recuperou detendo a bola em cima da linha.

Na etapa complementar os dois treinadores fizeram alterações, e a partida ganhou um pouco mais de intensidade, com as defesas sendo soberanas e o zero a zero se arrastou até os minutos finais, quando o Bahia com gol de Thaciano abriu o marcador aos 47 minutos dentro dos acréscimos.

Sem vencer havia 9 jogos, o Bahia voltou a somar três pontos e pegou o elevador na competição chegando a 12 pontos estando agora na 14ª posição. O time de Renato Paiva volta a campo na noite de sábado contra o Fluminense no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

Bahia 1×0 Palmeiras

Brasileirão-Rei / 11ª Rodada

Arena Fonte Nova – Salvador BA

21.06.2023 Quarta-feira / 21:30Hs

Público: 30.824

Renda: R$1.266.953,00

Árbitro: Wilson Pereira Sampaio – GO

Assist. 1: Bruno Rafael Pires – GO

Assist. 2: Leone Carvalho Rocha – GO

VAR: Igo Junio Benevenuto de Oliveira – MG

Gol: Thaciano (Bahia)

BAHIA: Marcos Felipe; Cicinho, Kanu, Vitor Hugo (Gabriel Xavier) e Chaves; Rezende, Thaciano, Acevedo e Cauly (Danielzinho); Vinicius Mingotti (Everaldo) e Kayky. Técnico: Renato Paiva.

PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Mayke, Gustavo Gómez, Luan; Vanderlan; Zé Rafael, Gabriel Menino (Richard Ríos), Bruno Tabata (Luiz Guilherme); Artur (Giovani), Dudu (Breno Lopez) e Endrick (Lopez). Técnico: Abel Ferreira.