A opinião de Jota Jota
Jota Jota

Outra derrota do tricolor baiano. Desta vez, o time treinado por Mano Menezes perdeu para o Fluminense, atuando no Maracanã, tendo um primeiro tempo regular, em que os dois times se igualaram, sem muitas oportunidades de gols, e a partida se desenvolvendo no meio de campo. Esperava-se que o Bahia, pudesse desenvolver o mesmo futebol da etapa primeira diante do Vasco.

Estiveram bem abaixo daqueles 45 primeiros minutos e mais acréscimos, o time não conseguiu incomodar o Fluminense, seu setor de criação, outra vez não funcionou, e o ataque a mesma coisa, mas não fora muito pior que o time da casa. Mas, na volta dos vestiários, a falta de ambição, de vontade e objetividade de vencer ficaram nos vestiários, e com uma penalidade máxima, contestada pelos membros do tricolor baiano, o Fluminense fez o único gol do jogo.

Fluminense 1×0 Bahia (Foto: Felipe Santana/ECB/Divulgação)

Não gosto muito de ouvir a tal de Central do Apito, já que em determinados lances, a decisão pé interpretativa, e as opiniões dos funcionários da TV fechada, vão de encontro às demais opiniões, ou seja favorecem aos clubes do eixo Sul e Sudeste. Nem vou ficar falando deste lance, ele poderia nem ser notado se o time do Bahia jogasse um pouco mais, e se preocupasse menos com a arbitragem.

Por várias vezes, ouvi o treinador Mano Menezes perder o prumo, e cobrar dos jogadores do Bahia mais gana e vontade de fazerem gols, o que não é hábito de treinadores renomados, como o que treina o time da cidade tricolor, mas gente, paciência tem limites, e a do professor parece ter esgotado, com seus jogadores, e depois ao final do jogo, com o soprador de apito lá do Paraná, que não agradou a ninguém.

Volto a bater na mesma tecla. O elenco do Bahia, precisa de uma renovação de urgência, antes que seja tarde demais, ou que o Mano Menezes peça seu boné, e vá tomar chimarrão nos pampas, com o que ele tem nas mãos, o seu trabalho fica quase de ser realizado com o sucesso esperado, e a hora é agora, antes mesmos do encerramento do primeiro turno.

E tem mais, é necessário que se fique de olho na tábua de classificação, porque está longo do pelotão de frente, mas já é porteiro da zona da maldição, a do rebaixamento, e evitar entrar neste condomínio nefasto é também prioridade,e a rapaziada que veste o uniforme tricolor, que tratem de acordar pra vida.

#PRONTOFALE

*O texto é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Agência CH.